[LIVROS] 7 livros de fantasia para ler enquanto esperamos pelos “ventos do inverno”

[LIVROS] 7 livros de fantasia para ler enquanto esperamos pelos “ventos do inverno”

Compartilhe

A sexta temporada da série Game of Thrones estreou no dia 24 de abril de 2016. Os criadores da série David Benioff  e D.B Weiss afirmaram que pela primeira vez, o seriado irá ultrapassar os livros quanto à história. O autor dos livros George R.R. Martin ainda não deu previsão de quando o sexto livro estará pronto para publicação.

Eu tive muitas decepções com a adaptação televisiva das “Crônicas de Gelo e Fogo“, principalmente quanto aos caminhos que os produtores escolheram para as protagonistas femininas da série e por isso desisti de assistir. Mas se você, assim como eu, precisa de fantasia na sua vida e quer uma nova série de livros para preencher o trono de ferro do seu coração, aqui está uma lista de livros para ler enquanto esperamos “os ventos do inverno” finalmente soprarem.


1) “As Crônicas do Matador de Reis”, de Patrick Rothfuss

nome-do-vento-temor-do-sabio-kalango-atomico

Toda aquela realidade dura que gostamos em As crônicas de gelo e fogo aparecem na série de Rothfuss. O retrato da pobreza, das preocupações com dinheiro ao funcionamento da roda do poder na sociedade, acompanhamos o protagonista Kvothe narrando sua vida desde sua infância como artista de rua até seu ingresso na escola de magia. Aos poucos o universo criado por Rothfuss se estende a a nossa frente, repleto de mitos e criaturas fantásticas, heróis e vilões, afinal o nome “matador de reis” não está aí de graça.  A má notícia é que o último livro da série ainda não foi lançado também, uma boa forma de viver nossa frustração em dobro.

Compre aqui: “O Temor do Sábio” ; “O Nome do Vento”


2) “Aprendiz de Assassino”, de Robin Hobb

O_APRENDIZ_DE_ASSASSINO_1394746345B
Fitz é o filho bastardo de um príncipe (Se você gosta do Jon Snow já está convencido a ler) criado por um cocheiro. Sua vida dá uma reviravolta quando ele se vê levado para o mundo das intrigas palacianas em um esquema para decidir a sucessão ao trono. Sem muitas opções na vida, Fitz tenta escolher as melhores para aqueles com quem se importa e para si mesmo. Assim como Jon Snow, Fitz tem uma habilidade especial de se conectar emocionalmente com os animais, principalmente cães, e ver o que eles vêem e sentir o que eles sentem. A diferença entre O Aprendiz de Assassino e As Crônicas de Gelo e Fogo é que a realidade de Fitz é um pouco mais real do que a de Jon Snow, ele não pega em armas e se opõe a qualquer injustiça que vê pela frente e quando apanha, acaba realmente machucado. O que mais um pobre bastardo poderia fazer? Ir para a Muralha lutar contra os Selvagens? Melhor treinar para se tornar um assassino. 

Compre aqui: Amazon


3) “A Companhia Negra”, de Glen Cook

companhia

Para os amantes de fantasia, uma companhia de mercenários desafortunados trabalhando para uma imperatriz poderosa e misteriosa é um prato cheio. O mais interessante é como Cook trabalha a moral de seus personagens, a Companhia é formada por um grupo variado, embora em sua maioria mau caráter, de pessoas, mas alguns deles realmente tentam fazer o que é certo em algumas ocasiões enquanto outros não poderiam se importar menos com a moral e a ética. As intrigas entre alianças tão comuns nas “Crônicas de Gelo e Fogo” também podem ser encontradas  aqui.

Compre aqui:  Amazon

 

 

 

 


4) “The Way of Kings”, de Brandon Sanderson

The-Way-of-Kings-by-Brandon-Sanderson

Do mesmo criador da série Mistborn, “The way of Kings” ainda não foi publicado no Brasil, mas é o primeiro livro de “Stormlight Archive” uma serie essencial para os fãs de fantasia como As Crônicas de Gelo e Fogo.

A série começa contando sobre uma batalha entre nobres guerreiros contra um grupo de monstros chamado de “Voidbringers” (algo como conjuradores do vazio). Esses guerreiros estão dispostos a entregar suas vidas em nome de toda a humanidade, mesmo que isso signifique condenar a si mesmo a um mundo infernal, mas…essa não é a nossa história. Mil anos se passam e nos encontramos em uma disputa entre casas reais que lutam pela posse de relíquias deixadas da guerra contra os Voidbringers  e uma trama complicada de intrigas entre essas facções. A mágica aqui é bem mais presente do que em Westeros e assim como nos livros de George Martin, os capítulos são narrados em diferentes pontos de vista e a linha que separa os bons dos maus é bem tênue.

Compre aqui: Amazon


5) “The Earthsea Cycle”, de Ursula Le Guin

the-earthsea-cycle-childrens-books

Infelizmente outra obra não traduzida para o português (Ei, Aleph, estou falando com você!), a série de Le Guin é centrada nos problemas causados pela sede de poder. A série não tem um antagonista principal nos primeiros livros, mostrando mais que o mal causado a humanidade parte, na maioria das vezes, da própria humanidade. Ged, no primeiro livro, está em busca de ser o mago mais poderoso, Tenar, no segundo livro, quer consolidar sua posição como suma-sacerdotisa e impedir que essa posição seja ameaçada. A série também trata de uma questão interessante, é possível deixar de ser herói algum dia? O que um herói faz depois de acabar seus atos de heroísmo?

A série de Le Guin é mais clássica do que a de Martin, mais direta, acompanhando o protagonista do início ao fim sem cair em subtramas excessivas. Enfim, se a Le Guin escrever uma lista de supermercado com certeza vale a pena ser lida, imagina uma história épica de fantasia.

Compre aqui: “A Wizard of Earthsea” ; “The Tombs of Atuan” ; “The Farthest Shore” ; “Tehanu” ; “Tales from Earthsea” ; “The Other Wind”


6) “O Cavaleiro dos Sete Reinos”, de George R.R. Martin

116990923_1GG

Quer Westeros? Toma Westeros! Nesse livro, Martin expande seu universo em histórias que se passam um século antes dos acontecimentos de A guerra dos tronos. Embarque em uma aventura com um cavaleiro em busca de glória e seu estranho escudeiro. Como sempre, Martin traz uma história interessante com personagens maravilhosos que antes só conheciamos pelas citações nas Crônicas de Gelo e Fogo. É mais uma oportunidade de expandir seus conhecimentos sobre os sete reinos e sua mitologia.

Compre aqui: Amazon


7) “As Crônicas de Gelo e Fogo”, de George R.R. Martin 

cronicas

Sim, estou falando sério. Eu vejo muita gente reclamando da demora do autor em completar a série e particularmente considero isso um erro tremendo. Ao invés de amaldiçoar o autor com previsões de sua morte iminente, que tal reler os cinco livros já publicados e aproveitar suas inúmeras camadas? A história criada por Martin é tão complexa em alguns pontos que dificilmente podemos perceber todas as suas particularidades em apenas uma lida e tem coisa mais gostosa do que pegar uma referência, compartilhar teorias malucas com os amigos? Aproveitem a jornada, pequenos gafanhotos. Quando os sete livros estiverem publicados vamos sentir saudade dessa expectativa. E se você só conhece “As Crônicas de Gelo e Fogo” por sua adaptação da HBO, não perca a oportunidade de conhecer mais a fundo o universo fantástico enquanto o George se esforça para terminar os dois últimos livros. 

Compre aqui: Amazon (box)


georgerrmartin2

E que tal aproveitar a iniciativa de leitura coletiva do grupo Lendo GoT no Facebook para (re)ler a série nos próximos meses? Eu já estou participando e alguns posts de análise dos capítulos vão pintar por aqui. Vamos embarcar juntos nessa (re) leitura?


Compartilhe

Autora

49 Posts

Formada em Comunicação Social, mãe de um rebelde de cabelos cor de fogo e cinco gatos. Apaixonou-se por arte sequencial ainda na infância quando colocou as mãos em uma revista do Batman nos anos 90. Gosta de filmes, mas prefere os seriados. Caso encontrasse uma máquina do tempo, voltaria ao passado e ganharia a vida escrevendo histórias de terror para revistas Pulp. Holden Caulfield é o melhor dos seus amigos imaginários.
Veja todos os textos
Follow Me :