[QUADRINHOS] Preparem suas katanas e feitiços, que começou a guerra em “Mayara & Annabelle – vol. 3”

[QUADRINHOS] Preparem suas katanas e feitiços, que começou a guerra em “Mayara & Annabelle – vol. 3”

Mayara & Annabelle estão de volta!

Entre mortos e feridos depois da batalha em Lavras de Pedra Branca, Mayara e Annabelle continuam sua jornada em Aracorós do Sul. Peraí! Você não conhece Mayara Souza e Annabelle Feitosa? Já falamos sobre os dois primeiros volumes aqui, mas vamos recapitular. 

Sinopse dos primeiros volumes

Com roteiro de Pablo Casado, desenhos de Talles Rodrigues e cores de Brendda Lima, “Mayara & Annabelle” conta a saga dessas duas funcionárias públicas, que trabalham na Secretaria de Atividades Fora do Comum do Ceará. Após ser quase demitida, a ninja Mayara é transferida a contragosto de São Paulo para Fortaleza, onde as ocorrências de atividades fora do comum são tão baixas que só precisam de 2 funcionários: Miguel, o secretário, e Annabelle, assessora técnica em magia, que se torna sua parceira.

mea3-01Embora não tenham nada em comum, o trabalho exige que Mayara e Annabelle unam forças para investigar ocorrências inesperadas no estado, o que as leva à Lavras de Pedra Branca. Annabelle então conta a Mayara sobre O Acordo, uma aliança entre famílias de magos e demônios do interior, que mantém a região sem muitas ocorrências, mas esse acordo está por um fio. As duas enfrentam Catarina Ramos, herdeira de uma poderosa família que quer comandar O Acordo e descobrem que as coisas estão mais fora de controle do que imaginavam.

[Aviso: Contém alguns spoilers de contexto, mas nada que comprometa a experiência de leitura.]

Que comecem as tretas familiares

Publicidade

Pois bem, é justamente depois da batalha dura contra Catarina Ramos que começa o volume 3 de “Mayara & Annabelle”. E dá uma olhadinha nessa capa, que coisa maravilhosa! Nem vou comentar do vestidinho gótico de Mayara, porque eu tô rindo dele até agora! ♥

mea3-03
Além dos criadores, dessa vez a capa também traz o nome de Brendda Lima, que assina as cores dos volumes 2 e 3

É nesse volume que vamos conhecer a família Feitosa, vulgo pais de Annabelle, que estão metidos até a alma n’O Acordo. Muito fracas e feridas, Mayara e Annabelle se deparam com Adolfo Fontes, herdeiro da família de demônios que comanda O Acordo. É ele que sequestra a dupla e as entrega aos Feitosa em Aracorós do Sul. Ou seja, agora Annabelle precisa enfrentar os demônios reais e seus próprios demônios psicológicos que a levaram a fugir de casa muitos anos antes.

mea3-04
Antunes e Rafaela Feitosa, também conhecidos como “painho” e “mainha”

O volume 1 de “Mayara & Annabelle” é uma introdução para que todos conheçam as meninas e no que elas trabalham. É muito divertido e por isso dá vontade de ler mais. Não por curiosidade de saber como continua, mas por vontade de se divertir mais com as protagonistas. E então nos volumes 2 e 3, Pablo Casado nos entrega um contexto tão bem construído com cidades do interior, brigas de família, tradições e rebeldia, que agora sim vem a curiosidade com força.

O desenvolvimento da série está cada vez mais interessante e tomou um rumo que surpreende, porque não esperamos que a história se aprofunde e ganhe um contexto tão cheio de cuidado. Quando pensamos que a história ficaria no divertido para sempre, mesmo achando maravilhoso, demonstra-se que está divertido ainda!
mea3-05

O desenho de Talles Rodrigues está inspiradíssimo! Parece que ele mesmo foi conhecendo melhor a própria história e enriquecendo os detalhes. O jeitão de mangá continua mais que presente no volume 3, o desenho é pura ação e movimento. E uma novidade desse volume é a presença de vários flashbacks de Annabelle, que apesar de aparecerem em cortes bruscos, não causam nenhuma estranheza ou dúvida, muito por causa do desenho como também das cores. E por falar nas cores…

Vamos apreciar essas cores, por favor! As cores dos volumes anteriores já são incríveis, amamos, somos. Mas quando você acha que não dá pra melhorar, Brendda Lima simplesmente começa a dar seu recado com o nome na capa, porque quando você abre o quadrinho sabe que nada podia fazer mais sentido que isso. Dessa vez, as cores estão um pouquinho mais frias que nos primeiros volumes, com tons de magenta. E como sempre, compõe incrivelmente bem com os traços e estilo do quadrinho. Está tudo lindo nesse volume!

mea3-06

E não podemos deixar de citar o trabalho de George Schall também, que coloriu e diagramou as capas de todos os 3 volumes, além de fazer a arte de um dos pôsteres de recompensa do financiamento coletivo. Os outros 3 pôsteres das recompensas foram criados por Priscilla Tramontano, Talles Rodrigues e Brendda Lima (respectivamente nessa ordem da imagem, começando por George Schall). E todos vão estar à venda logo mais para quem não pôde adquiri-los no Catarse.

Quanto aos quadrinhos, o volume 3 ainda não está nas lojas, e os volumes 1 e 2 estão esgotados. NÃÃÃÃOOO!!! Mas você pode acompanhar as novidades sobre as vendas na página oficial de “Mayara & Annabelle”. E quem apoiou o projeto no Catarse e ainda não recebeu os volumes, não temam! O de vocês está garantido e à caminho.

Enquanto isso, ficaremos aqui imaginando um episódio de Casos de Família, com a família Feitosa e sua filha rebelde, de Aracorós do Sul. Eita, treta!

Publicidade

Escrito por:

39 textos

Bagunceira e bagunçada, por dentro e por fora. Prefere ver séries em maratonas, menos Game of Thrones, porque detesta spoiler. Totalmente apaixonada por desenho e animação. Tem mania de citar filmes em conversas, conselhos, brigas ou onde couber uma referência. Prefere gastar dinheiro com quadrinhos do que com comida, sendo muito entusiasta do quadrinho nacional e graphic novels em geral. Formada em Jornalismo, mas queria mesmo trabalhar com roteiro e ilustração.
Veja todos os textos
Follow Me :