Mercado brasileiro de eSports arrecada mais de US$ 1 bilhão em 2021 e abre oportunidade aos jogadores

Mercado brasileiro de eSports arrecada mais de US$ 1 bilhão em 2021 e abre oportunidade aos jogadores

Apesar de todos os problemas enfrentados desde 2020, o Brasil viu um setor conseguir um forte crescimento neste período: o mercado dos games. No ano passado, por exemplo, apenas nos eSports foram arrecadados mais de US$ 1 bilhão. Um valor recorde que deve ficar ainda maior em 2022. Essa notícia é importante para os brasileiros que sonham com uma carreira profissional nos jogos eletrônicos, algo que é cada vez mais possível por aqui. Entretanto, isso está longe de ser uma tarefa fácil, pois não falta competição.

Segundo informações da Pesquisa Game Brasil (PGB) divulgada no final do ano passado, o país está presente na lista dos maiores consumidores de torneios de eSports. São mais de 21 milhões de brasileiros acompanhando partidas oficiais e torneios de vários títulos, como o CS:GO, o Dota 2 e o League of Legends. Apenas a China e os Estados Unidos, que investem muito mais, conseguem atrair mais pessoas durante as competições. Ou seja, o Brasil tem um grande potencial em mãos.

Além disso, o consumo de games por aqui só aumentou recentemente. Enquanto a média global caiu cerca de 1,1% no faturamento em 2021, o mercado interno conseguiu uma arrecadação 12% maior. A notícia é importante para reforçar a capacidade do mercado de se adaptar às crises, o que também surge como oportunidade para os jogadores. Mais investimento significa mais equipes brasileiras, garantindo contratações e parcerias com futuros promissores.

No universo do CS:GO, por exemplo, o número de equipes nacionais aumentou consideravelmente e os resultados positivos aumentaram. A presença de duas equipes no top 30, a FURIA e a GODSENT, é a maior prova disso. Os jogadores conseguiram se destacar e estão servindo de inspiração para quem está começando nos eSports. A ideia de que jogos eletrônicos são apenas brinquedos ficou para trás, pois o lado profissional se mostrou consolidado nos últimos dois anos.

Referências no eSports

Além do momento atual, a carreira de alguns jogadores também podem servir de inspiração para os que estão começando. É o caso, por exemplo, de Lucas “Luskka” Rentechen, atleta curitibano que brilhou no Counter-Strike 1.6 e também no League of Legends. Em entrevista à Betway, site de apostas LoL, ele comentou sobre os desafios dessa carreira e exaltou a competitividade como algo essencial para quem deseja brilhar no eSports.

Eu acho que essa competitividade dos esportes tradicionais trouxeram um pouco desse espírito para mim porque eu assistia desde pequeno e acompanhava o competitivo. Isso eu acabei trazendo um pouco para dentro dos games. Eu sempre gostei muito da competição. É muito gostoso, sabe? É muito incrível. Eu acho uma coisa muito boa”, explica o jogador de 25 anos, que recentemente começou a atuar também no Valorant em busca de experiências novas.

Lusskka também não deixa de lado a importância das amizades durante a carreira. Ele lembra, como mostra o artigo do blog da Betway, como foi dividir espaço com grandes nomes do eSports brasileiros. “Tem muitos jogadores que eu sou amigo, eu sou muito grato ao que o LoL me proporcionou, sabe? Quem eu mais gosto e tenho amizade é o Professor, Dionrray, Skybart, Ranger, Wos, Brucer e Garo”, conta o antigo jogador do Flamengo e da Team One.

Carreira promissora

Assim como acontece nos esportes tradicionais, os atletas do eSports enfrentam muitas dificuldades para conseguir destaque no cenário nacional e internet. Entretanto, atingir isso pode ser a garantia de uma carreira profissional consolidada. Um exemplo disso é o brasileiro Marcelo “coldzera” David, melhor do mundo duas vezes no CS:GO que já recebeu mais de R$ 5 milhões na carreira. Um reconhecimento importante para alguém que ganhou quatro títulos de nível mundial.

Conseguir isso parece ser o objetivo principal de muitos jogadores em início de carreira, mas isso não é nada fácil. Na verdade, são poucos que vão atingir esse nível. É a mesma história no futebol, onde muitos atuam, mas poucos conseguem se consolidar em clubes de grande porte no Brasil e no estrangeiro. É um desafio que exige muitas características e habilidades.

O mercado dos games tem crescido de forma sólida no país, por isso o assunto ganha as principais mídias. Uma carreira no eSports antes era algo pouco conhecido, mas atualmente é uma oportunidade incrível. O entretenimento digital se transformou em um mercado promissor financeiramente.

Autora:

308 textos

Site sobre cultura e entretenimento, que destaca o protagonismo feminino e analisa a representação feminina nas obras.
Todos os textos
Follow Me :