A Hora da Estrela 40 anos depois: uma obra-prima brasileira remasterizada

A Hora da Estrela 40 anos depois: uma obra-prima brasileira remasterizada

Foi através do projeto Sessão Vitrine Petrobras que o filme A Hora da Estrela (1984) foi remasterizado em 4K. A sessão de estreia ocorreu na Cinemateca Brasileira, em São Paulo. O evento também incluiu a exibição do curta Perto de Clarice (1982), de João Carlos Horta, outra obra recentemente remasterizada.

O documentário aborda aspectos da personalidade de Clarice Lispector, através de depoimentos de pessoas que conviviam com a autora, intercalados por trechos de uma entrevista que Clarice concedeu a uma emissora de televisão.

Além disso, estava programado um bate-papo com a atriz Marcélia Cartaxo e a produtora Assunção Hernandes, com mediação de Veronica Stigger. Entretanto, devido ao evento ser ao ar livre, o encerramento foi cancelado devido à chuva.

Cartaz de "A Hora da Estrela" (1984), remasterizado em 4K.

Sobre o livro A Hora da Estrela

A Hora da Estrela é uma adaptação do livro homônimo de Clarice Lispector, lançado em 1977. O narrador fictício, Rodrigo S.M., conduz a história tanto no livro quanto no filme. Ambas as obras são consideradas obras-primas da cultura brasileira.

A trama segue Macabéa, uma nordestina imigrante em São Paulo, que busca entender a si mesma e o mundo enquanto trabalha como datilógrafa e se relaciona com Olimpico de Jesus, outro imigrante que constantemente demonstra insatisfação com o relacionamento, pois não vê oportunidades de ascensão social. Macabéa busca conforto em planos inalcançáveis para o futuro, inclusive consultando uma cartomante, que lhe dá respostas que ela deseja ouvir, embora não necessariamente verdadeiras.

O filme, lançado em 1984, foi um projeto de baixo orçamento, marcando a estreia da diretora Suzana Amaral e de Assunção Hernandes como produtora. Marcélia Cartaxo interpreta o papel principal, com Fernanda Montenegro no papel da cartomante, além de outros talentosos nomes no elenco.

O filme recebeu vários prêmios, incluindo no Festival de Cinema de Brasília e o Urso de Prata de Melhor Atriz para Marcélia Cartaxo no Festival Internacional de Cinema de Berlim, destacando a qualidade excepcional do filme, que foi reconhecido como um dos 100 melhores filmes brasileiros de todos os tempos pela Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abbraccine).

Fernanda Montenegro e Marcélia Cartaxo em "A Hora da Estrela" (1984)

Porque A Hora da Estrela nos cinemas em 2024

Através do projeto Sessão Vitrine Petrobras, o filme foi remasterizado em 4K com o apoio da Cinemateca Brasileira. O projeto, além de remasterizar essas e outras obras, também tem como objetivo a democratização do acesso ao cinema nacional, oferecendo ingressos a preços populares para os filmes remasterizados.

O resultado foi a adição de uma camada a mais de perfeição numa obra que já não precisava de nenhum tipo de retoque. Aliás, atemporal, o filme continua, em 2024, trazendo reflexões subjetivas importantes, assim como fez em seu lançamento 40 anos atrás.

"A hora da estrela" (1984), adaptação de Clarice Lispector, remasterizada em 4K.

Escrito por:

26 Textos

Uma adolescente emo virou uma hipster meio torta que sem saber muito bem o que fazer, começou jogar palavras ao vento e se tornou escritora e tradutora. Também é ativista dos direitos humanos. Além disso é lésbica, Fé.minista, taurina. E, principalmente, adoradora de gatos e de café.
Veja todos os textos
Follow Me :