[ANIME] A amizade escondida na tristeza de “Scum’s Wish”

[ANIME] A amizade escondida na tristeza de “Scum’s Wish”

Compartilhe

O ano de 2017 já começa com uma adaptação de mangá que promete fazer os otakus de plantão não apenas chorar litros, mas, com a ajuda de um bom drama japonês, refletir sobre situações cotidianas; baseado no mangá de 2012 de mesmo nome, o anime Scum’s Wish (“Kuzu No Honkai”) retrata um tema bastante presente na sociedade atual, mas que ainda é considerado um tabu: a solidão. E além disso, uma relação baseada no desejo de amenizar esse sentimento.

Nele, dois adolescentes de 17 anos – Awaya Mugi e Yasuraoka Hanabi – formam um casal que, aos olhos de todos da escola, é perfeito. Ambos são consideravelmente populares e parecem se entender bem. Há, porém, uma questão: ambos estão apaixonados por outras pessoas e, apesar do que possa parecer, os dois sabem disso em relação outro. Mugi está apaixonado por sua ex tutora (Minagawa Akane) e Hanabi está apaixonada por um velho amigo de sua família, Narumi Kanai (chamando-o inclusive de “onii-chan”). Infelizmente, pela diferença de idade entre Mugi e Akane e pela relação de Kanai com a família de Hanabi (além da própria diferença de idade), o futuro dessas relações é impossível.

scums-wish2
O segredo entre Mugi e Hanabi é muito bem guardado

Mugi e Hanabi, como pessoas individuais, enfrentam os sentimentos que nutrem por suas respectivas paixões sozinhos. Mesmo quando Mugi e Hanabi se tocam – tanto para se confortarem física e mutualmente quanto para manterem a aparência de namoro frente as outras pessoas – eles imaginam que estão com seus respectivos interesses amorosos. A dor de não poder mudar o status de um amor não correspondido acompanha os personagens a todo o instante, inclusive na escola, já que tanto Akane quanto Kanai trabalham na escola em que os protagonistas estudam.

kuzunohiouka

A história trata justamente da relação entre os dois personagens principais, em como eles se apoiam um no outro para aguentarem a situação de viverem um amor não correspondido. Apesar do sofrimento que os dois passam, eles desenvolvem uma forte relação de companheirismo e propriamente amizade; ninguém melhor do que Mugi para saber pelo o que Hanabi está passando e vice e versa.

A relação que os personagens principais desenvolvem torna-se um amparo para os mesmos suportarem a solidão decorrente de seus sentimentos não correspondidos, usando por vezes até de sexo para amenizarem esse estado. O sexo entre eles, porém, é apenas isso: mais um remédio para amenizar a dor. Na amizade desenvolvida por eles, é possível inclusive sofrer por seus sentimentos ignorados sem nenhum pudor, algo que provavelmente não seria possível com outrem que não estivesse passando pela mesma situação de Mugi e Hanabi.

scum1

O companheirismo entre ambos é essencial tanto para eles quanto para a própria história, porém, a permanência nessa mesma situação será o bastante para eles?

A questão, portanto, é se a situação dos protagonistas mudará ou continuará a mesma. Se a solidão vivida por eles encontrará um fim por si só ou se eles mesmos tentarão mudar suas situações.

Sendo uma das estrelas da temporada de inverno de 2017, a adaptação para anime estreou dia 13 de Janeiro de 2017 na Fuji TV e 12 de Janeiro de 2017 no serviço de streaming “Amazon Prime”.


Compartilhe

Autora