[SOFTWARE] MikuMikuDance: Você pode criar um Anime… Sem ser uma profissional!

[SOFTWARE] MikuMikuDance: Você pode criar um Anime… Sem ser uma profissional!

Compartilhe

Seguindo a linha de criações como o fanfiction, já pensou em criar animações com apenas um pouco de perseverança? E com qualidades que só perdem mesmo com programas de renderização 3D profissionais e num computador doméstico? O artigo de hoje vai trazer um pouquinho sobre o que é MMD (MikuMikuDance), frequentemente usado para vídeos 3D com situações engraçadas. Quem nunca viu o Baile de J-pop, que faz paródia ao funk Baile de Favela? Ou o vídeo com personagens com a música do Carlito? Pois é, a paródia foi realizada no MMD. Mas afinal, o que é MMD? Em que ele pode ser interessante? Esse artigo visa ser informativo e não um tutorial –  recomendaremos links para esses fins.


Mas afinal, o que é MMD?

MikuMikuDance
Última versão do programa

MMD é a abreviação de MikuMikuDance, um software portátil de animação 3D amadora criado por Yu Higuchi em 2007. O objetivo original do programa era fornecer uma ferramenta simples para produtores de músicas de Vocaloid no NicoNicoDouga (o Youtube japonês) divulgarem seus trabalhos, mas o programa atingiu outros patamares, incluindo clipes divertidos com outros personagens, originais ou não, animes e até comercial para a Microsoft!

MikuMikuDance
Modelos default que já vem com o programa.

Durante o período de 2008-2011 o software tinha diversas atualizações, ganhando um hiato entre o final de 2011 e 2013, onde usuários passaram a migrar para outros softwares, como o Blender e o MMM (MikuMikuMoving, o irmão gêmeo do MMD), quando Yu Higuchi voltou a atualizar o programa. Atualmente o programa se encontra na versão 9.26.

MikuMikuDance
Kaneki de Tokyo Ghoul dançando “Papaoutai”

Comunidade unida

MikuMikuDance
Miku Hatsune, avatar de um dos bancos de voz de Vocaloid, nos mais diversos modelos,por diversos criadores.

Uma coisa bacana na comunidade de usuários é que é extremamente colaborativa. A todo momento novos modelos, cenários e efeitos são criados, como plug-ins e programas auxiliares. É preciso, porém, se atentar às regras de uso de cada um desses itens. Foi graças a essa rede colaborativa que o programa cresceu e se tornou forte e ainda mais acessível, graças a tutoriais e plug-ins. É possível encontrar materiais no DeviantArt, 3D Nico Video e Seiga Nico Video.

MikuMikuDance
Já imaginou um cavaleiro versus uma precure? No MMD é possível!

O cenário de possibilidades

MikuMikuDance
Wailing Nightmare, primeiro anime streaming CC

Como dito acima, o uso fica a critério da imaginação do usuário, e existem até mesmo produções sérias feitas no programa, como gdgd fairies, Straight Title Robot (o primeiro anime de MMD a ser televisionado) e Wailing Nightmare, o primeiro anime em MMD via streaming totalmente gratuito e acessível ao público.

Por ser praticamente leve e de uso livre, é possível criar sua própria série animada sem precisar depender de softwares mais robustos e, muitas vezes, inacessíveis, como Maya e 3DS Max, para fazer as cenas. Para aquelas com habilidades em modelagem, é possível criar do zero pelo Metasequoia, Blender, SketchUp ou o 3DS Max.

Programas auxiliares:

MikuMikuDance
Alguns programas auxiliares

Para facilitar o uso ou edições, muitos fãs criaram diversos programas auxiliares. O auxiliar mais básico e necessário é o PMD / PMX Editor. Os modelos estão em uma dessas extensões, enquanto que acessórios são da extensão .x, exportável em diversos programas. O editor permite troca de partes, cores, texturas. É possível encontrar versões em inglês no DeviantArt. Outro programa bom é o de controle de faciais, o Face and Lips.

É possível usar arquivos de notas do Vocaloid (vsq) para criar automaticamente o movimento de bocas e controlar o tempo de acordo com o áudio. Existem programas para criar movimentos de câmera que simulam os movimentos irregulares de um cameraman, uns para simular as batidas em acessórios de barras de batidas, para converter movimentos de modelos de tamanho comum para modelos maiores ou menores.

Infelizmente a maioria desses programas são em japonês, o que dependeria de um tutorial para servir de guia. Nos grupos do DeviantArt você encontra eles facilmente (a maioria em inglês). Outros programas importantes são um editor de imagens (como o Photoshop ou GIMP) e um editor de vídeos (Como Premiere ou Sony Vegas). O primeiro irá te ajudar a editar texturas (que são arquivos de imagens) e o segundo a editar o vídeo, pois o vídeo renderizado no MMD é MUITO pesado (um clipe de dança de uns 3 minutos gera arquivos de GB de tamanho) e os editores irão diminuir o tamanho sem perda de qualidade.

Terminologia:

A comunidade possui algumas terminologias próprias. Conheça algumas para se inteirar do assunto:

  • Motion – movimento. Arquivo gerado com as marcações de frame de cada movimento tanto do model como da camera. (vmd)
  • Effect – efeito. Plugin auxiliar para criar efeitos no MMD ou MMM como reforço de texturas (shader) ou luzes.
  • Frankstein – assim como o monstro da literatura, trata-se de modelos criados com várias partes usando o PMD ou PMX editor. Em maioria é um ato comum na comunidade overseas, sendo não muito bem recebido por japoneses.
  • Overseas – comunidade fora do Japão referente a algum fandom (como o MMD).
  • Model – são os modelos/personagens a serem animados. São na extensão pmd ou pmx.
  • Pose – Assim como o motion, é um arquivo que grava determinado poseamento do personagem, mas em um único frame. (vpd)
  • PV – Promotional Video, ou seja, um clipe em cima de uma determinada música
  • Modeler – criador de models, acessórios e outros itens 3D para uso do program.
  • Stage – Arquivo do tipo acessório que funciona como cenário.
  • Dome – Stage em forma de globo que simula paisagens em 360º graus, como céus ou o espaço.
  • Selfie model – model próprio que representa a si mesmo.
  • Rip/Rippagem – São arquivos retirados de outra mídia e convertidos para serem usados no MMD. Em sua maioria SÃO ILEGAIS, porém em vista da dificuldade de muitos em modelar ou pagar um modeler, acaba sendo bastante comum.
MikuMikuDance
Selfie models ao longo do tempo, feitas por essa que vos escreve!

Requerimentos de máquina:

Para o programa rodar, existe uma configuração mínima necessária e alguns programas auxiliares:


Temos criadores nacionais?

MikuMikuDance
Camus Let it go é criação da autora deste artigo. Sim, Camus Let it go é BR!

Temos e em sua maioria os que criam do zero são rapazes. A maioria do fandom brasileiro se restringe a criar clipes mais simples, mas há alguns que se aventuram em criar clipes que tentem se assemelhar a clipes tradicionais de música.

O clipe acima foi feito por uma brasileira, usando modelos feitos por uma mexicana (Pandora, feita por Athena205).

Links importantes:

Baixe o MMD / MikuMikuDance no botão abaixo:

MikuMikuDance


Compartilhe

Written by:

317 Posts

Site sobre cultura e entretenimento, que destaca o protagonismo feminino e analisa a representação feminina nas obras.
View All Posts
Follow Me :