[CULTURA] Projetos para conhecer e acompanhar em tempos de resistência

[CULTURA] Projetos para conhecer e acompanhar em tempos de resistência

Compartilhe

Quando um candidato como Jair Bolsonaro é eleito presidente, temer e desesperar é a primeira reação da maioria dos que votaram diferente. Esse desespero é compreensível devido ao que esse homem representa, mas não é bom. A indignação precisa ser organizada, principalmente quando parte da estratégia deles envolve nos deixar exaustos demais para reagir ao que vier ser pauta no futuro.

As ameaças constantes aos nossos direitos, por exemplo, são capazes de minar nossas forças, especialmente quando a gente se sente só. Por isso é importante que a resistência se organize em frentes diversas e que a gente fortaleça iniciativas, projetos e ideias que consideramos relevantes no combate ao conservadorismo, às violências e às opressões.

Nossa proposta com esse texto é reunir em um espaço dicas de produtores de conteúdo (texto, vídeo, áudio) e iniciativas de apoio que precisam ser valorizadas e divulgadas para que chegue ao conhecimento de um maior número de pessoas. São esses projetos que nos ajudam a expor ao mundo o que buscamos quando criticamos e enfrentamos ideias como as do atual presidente do Brasil.

Veículos de comunicação:

Projetos para conhecer

Blogs, páginas e sites com viés ativista:

Projetos para conhecer

Canais no Youtube ou IGTV que versam sobre temas políticos e de direitos humanos:

Projetos para conhecer

Podcasts:

Projetos para conhecer

Menção honrosa: We Can Cast It. Feito por Aline Valek e Gizelli Sousa, o podcast existiu durante 2013/2014 e falava sobre feminismo. Ainda é possível ouvir os programas gravados na época no tumblr.

Entretenimento com viés feminista e LGBT:

Projetos para conhecer

Casas de Apoio, iniciativas, ONG’s, escolas e afins:

Projetos para conhecer

Projetos que envolvem literatura, arte e resistência:

Projetos para conhecer

Ativistas e escritores(a), quadrinistas:

Projetos para conhecer

 

Leia também:
>> [QUADRINHOS] Refugiados: A resistência dos migrantes em um mundo adoecido
>> [LIVROS] Em sua autobiografia, Maya Angelou nos dá uma lição de amor e resistência
>> [LITERATURA] Livros para refletir os tempos sombrios

 

Imagem destacada: Colagem feita por Jéssica Bandeira.


Compartilhe

Written by:

O que falta em tamanho sobra em atrevimento. Isso foi dito sobre um galinho garnisé numa revista do Globo Rural dos anos 80, mas também serve para a Thaís Campolina. Thaís escreve onde ela conseguir cavar espaço e também é uma contadora de casos nata, uma louca de papelaria e uma grande fã de jogos.
View All Posts
Follow Me :