[SÉRIES] Doctor Who – 11×10 – The Battle of Ranskoor Av Kolos (season finale)

[SÉRIES] Doctor Who – 11×10 – The Battle of Ranskoor Av Kolos (season finale)

Compartilhe

 A 11ª temporada de Doctor Who chegou ao fim e, com certeza, ficará marcada na história da série como uma das melhores da nova geração, sobretudo pelo protagonismo feminino e pelos temas apresentados em alguns episódios. Não se trata apenas da escolha de Jodie Whittaker para o papel de 13ª Doutora. As personagens, tanto as baseadas em personalidades reais quanto as fictícias, deram voz a uma série de questões importantes: discriminação, racismo, intolerância, misoginia e machismo. Felizmente, a abordagem da produção fomenta a discussão, permitindo que, de certa forma, os enredos apresentados sejam úteis para a reflexão da realidade. Atenção! O texto a seguir contém spoilers.

E The Battle of Ranskoor Av Kolos não foi diferente. Levado ao ar no dia 09 de dezembro de 2018, o episódio trata da perversão de um credo religioso em nome de interesses escusos e dos malefícios que a vingança pode causar. Dirigido por Jamie Childs e escrito por Chris Chibnall, o episódio conta a história do reencontro da Doutora e do Team TARDIS com um antigo inimigo, Tzim-Sha (Samuel Oatley).

>> Confira aqui todas as resenhas da 11ª temporada de Doctor Who
Doctor Who
Imagem: Tumblr (reprodução)

Para quem não se lembra, no primeiro episódio da 11ª temporada (The Woman Who Fell to Earth), Tzim-Sha vem à Terra em busca de um troféu. Ele deve caçar um ser humano, escolhido aleatoriamente, em uma espécie de teste a fim de determinar se Tzim-Sha tem condições de tornar-se líder de seu povo. Porém, a Doutora, com a ajuda de Gracie (Sharon D. Clarke), Graham (Bradley Walsh), Ryan (Tosin Cole) e Yaz (Mandip Gill) consegue detê-lo. Infelizmente, a aventura não termina como planejado e, durante a batalha, Gracie acaba falecendo.

A falta de unidade entre os episódios da 11ª temporada foi um dos pontos mais criticados pelos fãs e, provavelmente, The Battle of Ranskoor Av Kolos tenha vindo para encerrar algumas questões que haviam sido deixadas em aberto. Tzim-Sha foi responsável pela morte de Gracie e, justamente por isso, Graham quer se vingar dele. Por sua vez, Tzim-Sha teve seus planos frustrados e também deseja a chance de ir à forra contra a Doutora e seus amigos. Ou seja, Graham e Tzim-Sha são faces diferentes da mesma moeda.

Os que apreciam Doctor Who sabem que, com o passar do tempo, a convivência com o Senhor do Tempo, agora Senhora, deixa marcas profundas no indivíduo e seus companions buscam constantemente fazer o que é certo, na tentativa de encontrar sempre o melhor caminho. Daí, com o avançar dos acontecimentos em The Battle of Ranskoor Av Kolos, surge a questão: será que Graham conseguirá matar Tzim-Sha quando tiver oportunidade? Mesmo que você ainda não tenha assistido ao episódio, deve ser capaz de adivinhar a resposta. Contudo, antes de tratarmos da decisão de Graham, vamos falar um pouco mais sobre Tzim-Sha e o que ele fez em Ranskoor Av Kolos.

Doctor Who

Leia também:
>> [SÉRIES] She-Ra e As Princesas do Poder: uma atualização bem-vinda e necessária
>> [SÉRIES] Especial de Natal de Sabrina e as pistas para a próxima temporada
>> [ESPECIAL NATAL] 2 animações para assistir neste Natal

Desde sua primeira aparição na série, Tzim-Sha mostrou-se ardiloso. Ele deveria caçar seu troféu sem ajuda, só assim revelaria seu potencial como líder do povo Stenza. Mas não foi o que fez. Recorrendo à tecnologia, encontra seu alvo facilmente e só não consegue alcançar seu objetivo pela interferência da Doutora que, acidentalmente, o envia para Ranskoor Av. Kolos.

Lá, Tzim-Sha encontra os Ux, uma raça poderosa, capaz de manipular a realidade com o poder da mente. Influenciados por suas crenças religiosas, os Ux acreditam que Tzim-Sha é um deus e, a partir daí, o vilão se aproveita da ingenuidade de seus novos protetores e aproveita a oportunidade para arquitetar seu plano de vingança contra a Doutora. Três mil anos se passam até que os caminhos da Doutora e do Team TARDIS se cruzassem com Tzim-Sha novamente.

Tzhim-Sha se aproveita de sua condição de falso deus para matar e oprimir. Os cuidados do Ux lhe deram longevidade, mas não foram suficientes para abrandar-lhe o espírito. E graças as suas deliberações, os poderes dos Ux foram pervertidos e usados para destruir planetas inteiros. Agora, os olhos da perversa criatura se voltam contra a Terra e uma corrida contra o tempo se estabelece. De um lado estão a Doutora e Yaz contra os Ux e do outro estão Grahm e Ryan contra Tzim-Sha.

Os Ux não são perversos e a Doutora sabe disso. Cegos por sua obediência a Tzim-Sha, os Ux não percebem o mal que estão fazendo, porém, graças aos conhecimentos e a bondade da Doutora, um mal maior é evitado, inocentes são poupados e os Ux se veem livres da nefasta influência de um falso deus.

Tzim-Sha, por sua vez, é uma criatura maligna, insensível as necessidades alheias e desejosa de poder. Muitos seres humanóides tentaram detê-lo, mas, graças a ação dos UX e a tecnologia Stenza, Ranskoor Av Kolos tornou-se uma fortaleza e, os que não morreram, foram aprisionados em cápsulas. Coube a Graham e Ryan. Mesmo que Tzim-Sha não conseguisse destruir a Terra, encontraria uma forma de atingir a Doutora e, por isso, decide caçar os que estão violando suas cápsulas-prisão.

Tzim-Sha e Graham ficam frente a frente. Ambos com armas na mão, bastando um tiro para que a vingança de um dos dois se concretize. Graham poderia ter puxado o gatilho para matar Tzim-Sha, mas não o fez. Como dito anteriormente, a Doutora influencia os que estão a seu redor e, por isso, o velho senhor não se rendeu ao ódio, tomando uma sábia decisão. Graham escolhe fazer justiça, prendendo o vilão em uma cápsula-prisão, punido-o sem sujar as mãos  sangue.

A 11ª temporada de Doctor Who termina com uma mensagem: mantenha sua fé. Apesar das perdas, das trapaças, das lutas e do sofrimento. Se continuarmos a acreditar que os homens podem se inclinar para a bondade, teremos esperanças de um futuro melhor. E, talvez por isso, a temporada protagonizada por Jodie Whittaker tenha alcançado índices elevados de audiência. Estamos precisados de esperança, de fé e de bondade. Se formos perseverantes conseguiremos encontrar um caminho melhor e, quem sabe, superar preconceitos e, finalmente, alcançarmos a paz.

Doctor Who

Confira o trailer do especial de Ano Novo:


Compartilhe

Written by:

21 Posts

Nerd, pedagoga, escritora, leitora, gamer, integrante da casa de Lufa-lufa, amante de ficção científica (Star Trek, Star Wars e Doctor Who) e literatura fantástica. Deseja ardentemente que o outro lado da vida seja uma grande Biblioteca.
View All Posts
Follow Me :