[SÉRIES] Especial de Natal de Sabrina e as pistas para a próxima temporada (com spoilers)

[SÉRIES] Especial de Natal de Sabrina e as pistas para a próxima temporada (com spoilers)

Compartilhe

O Mundo Sombrio de Sabrina é um dos grandes sucessos deste ano na Netflix, e disso não restam dúvidas. Em sua estreia, arrebatou corações; na CCXP era comum vermos diversas pessoas fazendo cosplay da série; a editora Geektopia está trabalhando para trazer os quadrinhos, tanto de Archie e o Reino dos Mortos, que faz crossover da série Mundo Sombrio de Sabrina e Riverdale, quanto o quadrinho da própria Sabrina. Enfim, é um ano importante para uma protagonista bruxa adolescente que trata de temas como amizade, escolhas, dificuldades familiares e tantos outros problemas comuns entre adolescentes e jovens adultos – porém, que não deixa de ser uma série interessante para outras idades, mais velhas.

No dia 14 de dezembro tivemos um presente adiantado de Natal com o episódio especial de Sabrina, chamado Um Conto de Inverno. E, sinceramente, o episódio é melhor do que o esperado.

Sabrina

Em quase uma hora de uma diversos elementos de tradições pagãs, recebemos algumas informações sobre o Yule, a celebração do Solstício de Inverno, e conhecemos um pouco da história de Gryla. Na série, aparecendo como uma bruxa, é uma mulher que odeia homens e que, durante um período de intensa fome, fez um pacto com outra mulher de seu clã, que comeriam seus próprios filhos para não morrerem. Porém, após comerem o filho único de Gryla, a outra mulher quebra o pacto. Gryla passa, desde então, tentando substituir o filho perdido, e suas crianças, espíritos travessos, descem as montanhas no Solstício de Inverno para entrar na casa de bruxas desprotegidas, com a fogueira de Yule apagada. A história de Gryla na mitologia islandesa é um pouco diferente, sendo uma gigante, que come crianças, principalmente as malvadas, como petiscos. 

A história de Gryla acontece em paralelo com a do demônio Bartel. Bartel, no folclore da Estíria (estado da Áustria centro-oriental), é como se fosse a figura negativa do Papai Noel (assim como o Krampus, que tem a mesma função, mas ficou mais conhecido no Ocidente). No Especial de Natal, Bartel é um demônio que sequestra crianças, joga cera nelas, e as transforma em bonecos. Susie é capturada por ele, e Sabrina e suas tias contam com a ajuda de Gryla, protetora das crianças, para lidarem com ele.

Sabrina, ao final da primeira temporada, conta aos seus amigos que é uma bruxa e é forçada a assinar o livro do Senhor das Trevas, agora pertencendo ao coven da Igreja das Trevas. E esse episódio especial de Natal nos traz algumas das reações dos amigos de Sabrina após os acontecimentos do quase fim de Greendale.

Harvey Kinkle está abalado e sua relação com Sabrina parece não ser mais a mesma, além disso, algumas situações no episódio podem demonstrar que Sabrina já não tem tanta certeza sobre seu relacionamento com Harvey; Susie e Roz ainda apoiam Sabrina, mas nota-se que estão mais distantes, achando essa nova realidade cheia de perigos e estranhezas, e isso também faz com que a bruxa tenha suas dúvidas quanto a essa amizade, apesar de correr para ajudar Susie quando é necessário.

Sabrina

Leia também:
>> [DESENHOS] O que esperamos da nova fase de “Steven Universe”
>> [SÉRIES] Doctor Who – 11×08: The Witchfinders
>> [NOTÍCIA] Netflix lançará série sobre princesa guerreira que salvará o mundo dos homens e deuses

Em Um Conto de Inverno também conhecemos um pouco mais da mãe de Sabrina. Ao contrário dos quadrinhos, a mãe de Sabrina realmente morreu (como vimos quando Sabrina vai buscar no Limbo o espírito do irmão de Harvey).

É interessante como somente nesse episódio de Natal temos tantos elementos religiosos diferentes (o Yule; a Gryla; o retorno da mãe de Sabrina, que recebeu a benção de Santa Lúcia, de tradição Cristã, com data comemorativa dia 13 de dezembro, 12 dias antes do Natal, além de todas as menções ao próprio Lúcifer). Pouco explicados, mas que estão ali, e que geram certa curiosidade em quem assiste, além de provocar um sincretismo religioso interessante em uma série considerada adolescente, como foi bem visto em toda a primeira temporada.

A segunda temporada tem estreia prevista para abril de 2019, mas já estamos ansiosas em saber como a protagonista vai lidar com tantas diferenças em sua vida.

Sabrina


Compartilhe

Written by:

Formada em História, escreve e pesquisa sobre terror. Tem um afeto especial por filmes dos anos 1980, vampiros do século XIX e ler tomando um café quentinho.
View All Posts
Follow Me :