[LIVROS] Neil Gaiman: Passeando pelo Sonhar – 3 livros para mergulhar na vida e na obra do autor

[LIVROS] Neil Gaiman: Passeando pelo Sonhar – 3 livros para mergulhar na vida e na obra do autor

Compartilhe

Neil Gaiman é um dos autores vivos mais aclamados e prolíficos da atualidade. Por onde passa, leva consigo o coração de milhares de pessoas que, já em um primeiro contato com suas obras, são facilmente fisgadas e encantadas por todo o realismo fantástico que as cerca.

A prosa de Gaiman é uma viagem até as memórias mais deliciosas vividas na infância, nas quais criaturas míticas e perigos andavam lado a lado e davam uma trégua, vez ou outra, para tomar uma xícara de chá e comer biscoitos.

Quem o conhece bem sabe que seus escritos possuem o poder de transformar, não apenas a ficção, como também os textos motivacionais (vide o discurso Faça Boa Arte – compre AQUI). Ler Gaiman é dar um salto no escuro, sabendo que durante – e após – a queda muitas coisas incríveis e inimagináveis acontecerão.

Um dos fatores mais interessantes sobre sua escrita, seja a de quadrinhos, romances, contos ou poesias, é que o autor se preocupa em escrever aquilo que ele próprio gostaria de ler (uma dica fundamental para escritores iniciantes).

Gaiman põe muito do que tem de bagagem literária em suas obras, as reformula e, mesmo repaginando completamente os mitos e contos clássicos, ao leitor ainda é permitido sentir o gosto do que outrora era contado ao redor das fogueiras ou para entreter crianças insones. Abaixo, listamos três livros fundamentais para compreender a vida e a obra do pai de Sandman:

1. A Arte de Neil Gaiman (de Hayley Campbell)

COMPRE AQUI

Hayley Campbell é escritora e jornalista. Dedicou-se a criar um verdadeiro portfólio sobre a obra de Neil Gaiman: contando desde o período da infância em Portchester, Inglaterra, e passando pela adolescência do autor e seus anos como integrante de uma banda de punk rock, a autora desta biografia não poupou detalhes e imagens para descrever como foram os anos que antecederam a entrada de Neil no mundo literário. Um dos livros mais completos sobre a vida de Gaiman, nele há diversas imagens exclusivas, incluindo rascunhos de roteiros, desenhos e fotos pessoais do autor. A edição luxuosa, em capa dura, possui uma folha de guarda belíssima e diagramação impecável:

“A ficção de Gaiman tem um sentimento que parece pessoal e verdadeiro. Suas histórias se instalam num local particular da mente, um local que todo mundo tem, repleto de memórias de torradas e geleia, velhos livros com anciões sábios de barbas cinzentas. Ele tece elementos ficcionais consagrados na tapeçaria da história, o que passa a sensação de atemporalidade, como se a história sempre tivesse estado lá e ele tenha sido apenas a pessoa que a colocou na página.” (CAMPBELL, 2014, p. 11)


Neil Gaiman Neil Gaiman

2. Príncipe das Histórias: Os Vários Mundos de Neil Gaiman (de Hank Wagner, Christopher Golden e Stephen R. Bissete)

Gaiman

COMPRE AQUI

Assim como a biografia de Hayley Campbell, a leitora pode acompanhar desde a infância do autor até sua consolidação no mundo literário. Há também pequenos resumos acerca de suas obras, bem como uma gigantesca entrevista com o autor ao final do livro:

É difícil quantificar a importância do Sandman de Gaiman na história geral dos quadrinhos, mas sua aparição na cena é tão significativa, que não seria exagero sugerir que a história dos quadrinhos podia ser medida em termos de “pré” e “pós” Sandman. A série ressoa isso profundamente, honrando o que veio ante e estabelecendo um padrão extremamente alto para lançamentos subsequentes. Estruturalmente, Sandman é uma das melhores máquinas narrativas já concebidas (…). (BISSETE; GOLDEN; WAGNER, 2011, p. 62)

Neil Gaiman

3. The View from the Cheap Seats (de Neil Gaiman)

COMPRE AQUI

Escrito pelo próprio autor, o livro (ainda sem tradução no Brasil) reúne diversos ensaios acerca de ícones da literatura e da música, como seus amigos Terry Pratchett e Tori Amos, e também relatos acerca da importância do contar histórias, dos contos de fada e de se manter a tradição de consultar bibliotecários antes de recorrer ao Google. Muitos dos textos foram publicados em sites ou serviram de discursos em palestras e são peças fundamentais para a leitora compreender os motivos pelos quais Gaiman escreve, suas influências e crenças. Um dos textos mais incríveis presentes na coletânea fala sobre as ideias que deram origem ao livro Deuses Americanos e sobre a visão dos estrangeiros – como ele próprio – sobre a cultura e a influência norte-americana, tanto cultural, social e economicamente ao redor do mundo. Gaiman também escreve sabiamente sobre a importância e influência que os mitos possuem na vida contemporânea:

“(…) Novas mitologias esperam por nós, aqui, nos últimos momentos do século XX. Elas crescem e se proliferam (…). Tornamos míticos o jeito que nos vestimos e o que falamos; figuras icônicas – estrelas do rock e políticos, celebridades de todas as formas e tamanhos; as novas mitologias da magia, ciência, números e fama.” (GAIMAN, 2014, p 58. Tradução nossa.)

“Para Ash, que é novo, para quando for grande. Essas eram algumas coisas que seu pai amou, disse, se importou e acreditou, muito tempo atrás.”

Leia também:
>> Mitologia Nórdica: A importância da memória viva dos mitos (Resenha)
>> 5 Motivos para começar a ler Neil Gaiman (em frases)

Compartilhe

Written by:

86 Posts

É estudante de Letras e fã incondicional de Neil Gaiman – e, parafraseando o que o próprio autor escreveu em O Oceano no Fim do Caminho, “vive nos livros mais do que em qualquer outro lugar”.
View All Posts
Follow Me :