Raft: sobreviver nunca foi tão divertido

Raft: sobreviver nunca foi tão divertido

Raft é um jogo independente de sobrevivência em mundo aberto, desenvolvido pela Redbeet Interactive e distribuído pela Axolot Games. O título foi lançado como acesso antecipado na Steam em 2018, pois os criadores acreditam que ainda existem outras mecânicas e ambientações a serem produzidas juntamente com a comunidade. Mas não se preocupe, porque ele está completamente funcional e pronto para jogar.

A sua missão é sobreviver ao imenso oceano e descobrir como fará para melhorar a sua jangada, enquanto descobre outros mistérios da narrativa. Raft pode ser jogado sozinho ou até com amigos, possuindo diversas dificuldades e até um modo criativo.

A sobrevivência e construção em Raft

Ferramenta de construção do jogo Raft
Ferramenta de construção de Raft | Imagem/Reprodução: Steam

De início, tudo que conseguimos entender em Raft é que estamos à deriva no meio de um enorme oceano, em cima de uma pequena jangada de quatro quadrados e o principal objetivo é sobreviver. Além de ter que se preocupar com fome e sede, também existe a ameaça de um tubarão à espreita, que está extremamente motivado nos matar e a destruir o nosso lugar seguro, pedacinho por pedacinho.

A criatividade e o conhecimento são as nossas principais ferramentas, pois conforme seguimos a correnteza temos a oportunidade de recolher o lixo do oceano e transformá-lo no nosso luxo. Em Raft podemos utilizar materiais como tábua e plástico para criar itens como grelha simples, que alimentará a nossa fome, além de um filtro simples para saciar a nossa sede.

Além do mais, a jangada inicial não tem o tamanho necessário para sobrevivermos com alta qualidade, então aumentar o espaço é uma ideia que sempre cai bem. As ferramentas de construção dentro do jogo podem ser acessadas desde o início da gameplay e elas permitem que você crie um ambiente cheio de diversidade.

Leia também >> Os melhores jogos de 2021

Construir uma casinha simples ou até prédios de inúmeros andares é extremamente possível e inclusive pode ser importante na hora de separar cômodos e itens pela sua jangada. E isso vai muito além das ferramentas que o jogo disponibiliza, pois conforme você vai recolhendo materiais do oceano, você pode se deparar com fantásticas decorações que trarão um charme especial para o ambiente.

Raft é muito mais que sobreviver, é sobreviver com estilo e usar o máximo possível de recursos para facilitar a sua vida. Explorar o vasto oceano pode desbloquear tecnologias incríveis que vão te permitir chegar longe e, por consequência, construir cada vez mais.

Mas, o que aconteceu com o mundo?

Caravan Island
Cena do jogo Raft | Imagem/Reprodução: Steam

Quando somos colocadas naquela jangada e olhamos para a vastidão do oceano, chegamos a nos questionar o que aconteceu com o mundo ou até mesmo o porquê de encontrarmos somente ilhas durante a nossa jornada. E Raft promete responder isso.

Enquanto exploramos de maneira simples, podemos encontrar diagramas que nos ensinam ferramentas fascinantes e muito úteis. Entre elas, uma maneira de nos guiarmos pelo oceano através de um computador movido a bateria. Por meio dele, conseguimos observar pontos azuis no mapa, que são as grandes ilhas de história.

Conforme visitamos esses lugares, encontramos notas que contam um pouco do que está acontecendo com o mundo e onde estão todos. Além de notícias em jornais, conseguimos observar pequenos trechos de diários de pessoas que passaram por ali e como toda a situação foi evoluindo.

Leia também >> Xbox Game streaming: conheça os jogos adaptados para Android

E não é só isso! Essas ilhas também vão compartilhar interessantes tecnologias, que vão facilitar muito a vida dentro de Raft. Através de outros diagramas encontrados, podemos entender mais da situação e desvendar quais foram as soluções que a sociedade tentou buscar para sair dessa situação.

As ilhas históricas possuem seus próprios ecossistemas, apresentando novos recursos que desbloqueiam itens curiosos, sejam eles vindos de uma coleta como titânio ou através de novos inimigos como porcos e ursos. E uma das vantagens que o jogo traz é você poder voltar para esses locais depois de certo tempo, recolhendo novamente esses materiais.

Não vamos precisar dos diagramas repetidos, mas é interessante ter um ponto fixo para pegarmos abelhas ou até uma grande quantidade de tábuas, pois depois de certo tempo, todo o material desses locais voltam, como se eles tivessem resetado. Isso funciona também na hora de convidar um amigo para jogar, porque você pode não querer ter que recomeçar todo o seu progresso dentro de Raft, podendo apenas levá-lo para explorar essas partes importantes.

Conclusão de Raft

Lutando contra ursos
Cena do jogo Raft | Imagem/Reprodução: Steam

Raft é um título extremamente divertido e que pode te prender por muito tempo. Ele possui uma parte importante e que conta uma história, mas por ser um jogo de sobrevivência em mundo aberto, ele te dá a oportunidade de aproveitar e crescer a sua jangada até você cansar.

Um dos pontos positivos do título é que os desenvolvedores dão muita atenção para a comunidade, fazendo postagens sobre o andamento das próximas atualizações e resolvendo problemas conforme eles forem aparecendo. Isso gera bastante confiança nas suas relações com os jogadores, o que ajuda bastante na hora de melhorar o jogo.

Leia também >> The Last of Us 2: muito além de uma jornada em busca de vingança

E mesmo que ele ainda esteja em acesso antecipado, existe muito conteúdo bom e de alta qualidade dentro de Raft. O jogo possui ferramentas de construção, organização e sobrevivência bastante completas, além de decorações fantásticas e tecnologias com ótima progressão, fazendo com que seja possível sentir o desenvolvimento do jogo conforme a história avança.

Publicidade

Escrito por:

10 textos

Luiza ou Luluzinha tem 21 anos e está cursando Letras - Português na UFSC. É apaixonada por RPG de mesa, League of Legends e jogos independentes. Também nutre um pequeno vício por vídeos de bichinhos fofinhos.
Veja todos os textos
Follow Me :