[CINEMA] Você conhece o “Teste Vito Russo”?

Compartilhe

Já falamos aqui no site sobre o Teste de Bechdelque avalia a representação feminina em filmes. Mas, e quanto aos LGBT?

Em 2013, a GLAAD (Aliança Gay e Lésbica Contra a Difamação) se inspirou em Bechdel e criou seu próprio teste que avalia a representação LGBT em produções audiovisuais, o qual eles chamaram Teste Russo, em homenagem à Vito Russo, historiador de cinema e co-fundador da GLAAD.

Para passar pelo crivo da instituição, a produção deve ter:

  1. Pelo menos um personagem claramente identificado como LGBT;
  2. O personagem não pode ter como única característica sua identidade de gênero/orientação sexual;
  3. O personagem deve ser essencial para a trama.

Hoje faremos uma breve lista de 3 títulos que passam no teste.

  1. Clube de Compras em Dallas

glaad

Em “Clube de Compras em Dallas”, somos apresentados à Ron Woodroof, um eletricista heterossexual, misógino e homofóbico que descobre que tem AIDS durante os anos 80. Durante sua trajetória conhecemos Rayon, uma mulher trans que o ajuda a segurar esta barra à despeito de todo o preconceito do protagonista.

  1. Azul é a Cor Mais Quente

glaad2

Em “Azul é a Cor Mais Quente” conhecemos Adele, uma garota de 15 anos que está se descobrindo. No longa acompanhamos o amadurecimento de Adele e seu relacionamento com Emma.

  1. Tomboy

glaad3

Em “Tomboy” vemos pelo olhar de Mikael, as questões de gênero desde a infância. Ele tem 10 anos e sua única preocupação é aproveitar as férias com seus novos amigos. A sutileza do filme é incrível e vale a pena ser assistido.

Além dos longas, temos também bons exemplos de representação nas séries, como em “Sense8”, “Orphan Black”, “How to Get Away With Murder”, “The 100”, sem falar de “Orange is The New Black”.

E você, conhece algum filme que passe nos três critérios?


Compartilhe

Written by:

Parte humana, parte alien e muito feminista, sim senhor. Parece meiga, mas engana bem. Devora livros com farinha e tem verdadeira paixão por maratonar séries e engatar um dia de filmes. Problematiza sempre que pode e tenta manter o bom humor. Sempre gostou muito de escrever e criou o Alien Queen para isso, mas encontrou no Delirium Nerd um espaço de sororidade incrível.
View All Posts
Follow Me :