[GAMES] Fortnite: Sobreviva à tempestade neste novo jogo cooperativo

[GAMES] Fortnite: Sobreviva à tempestade neste novo jogo cooperativo

Lançando dia 25 de julho de 2017, Fortnite é um jogo de sobrevivência cooperativa disponível para Windows, macOS, Playstation 4 e Xbox One, desenvolvido pela Epic Games e People Can Fly. Tendo começado apenas com o modo Salve o Mundo, um PvE (Player vs Environment ou Jogador contra Ambiente) cooperativo com 4 jogadores pago, atualmente seu modo mais famoso é o Battle Royale, um JxJ gratuito de 100 jogadores, lançado em setembro. Este modo mais recente é dividido entre solo, dupla, esquadrão e 50×50. Fortnite, que conseguiu maior popularidade justamente por seu modo gratuito de PvP, chegou a ter certa de 1 milhão de jogadores ativos no primeiro dia de lançamento, o que causou com que os servidores ficassem for a do ar por um tempo.

A história do jogo de Fortnite se explica mais ao longo das missões e mapas no modo Salve o Mundo, conforme você vai protegendo novas áreas da tempestade e salvando sobreviventes dos muitos monstros que ela traz, que aqui são chamados de husks. Você está em um mundo completamente tomado por uma tempestade (que no momento ocupa 98% dele) e seu objetivo e não só sobreviver, como também garantir que seus aliados e outros personagens ao longo do jogo sobrevivam também.

Fortnite possui cinematics, voice acting e conta ainda com um elenco diverso de personagens. A representação feminina aqui destoa de muitos outros jogos, sendo aqui mostradas como tendo diversos corpos diferentes sem que nenhum estereótipo ou preconceito seja conectado à isso. Ainda que o jogo não trate de questões como machismo e racismo, ele ainda se garante com a representatividade, tendo personagens negros, nativo americanos e asiáticos, entre outros.

Considerando que Fortnite não esta em sua versão final, seus os gráficos são bonitos e carismáticos, apesar de não procurarem ser realistas como é comum de jogos desse tipo, o que passa um ar mais descontraído. O jogo conta ainda com um mapa gigantesco que inspira a explorar e conhecê-lo melhor.

A jogabilidade também não deixam a desejar. A mecânica de poder construir coisas como paredes e escadas com os recursos coletados e juntá-los – por exemplo, um trampolim dá ao jogador mais possibilidade para jogadas criativas –  deixa o jogo ainda mais estratégico e divertido e faz com com que ele não seja apenas sobre combate. Em seu modo PvE os personagens ainda são divididos em 4 categorias, que afetam diretamente sua gameplay.

Os Soldados são responsáveis pelo poder de fogo, tendo suas skills focadas em combate, como carregar uma arma mais rápido do que os outros, além de buffs e debuffs para seus aliados e inimigos, respectivamente.

Os Construtores são uma classe ainda mais estratégica, já que eles têm como objetivo e ponto forte suas criações que vão desde uma parede que devolve o dano que recebe até uma zona protetora que faz com que seus aliados recebam menos dano.

Os Ninjas, como o próprio nome já deve ter dito, são a classe mais rápida. Ótimos para exploração e combate, além de terem ao seu favor o famoso double jump, compensando pelo seu baixo HP.

Mas honestamente ninguém conhece o mapa como os Outlanders, que tem habilidades direcionadas para encontrar tesouros e coletar materiais, o que por vezes os torna uma classe que evita conflitos diretos.

Leia também:
[GAMES] Submerged: O protagonismo feminino em uma realidade submersa (SEM SPOILER)
[GAMES] OneShot: O incrível indie game que precisa conhecer!
[GAMES] Overwatch e a diversidade de mulheres nos games

Cada classe traz uma forma diferente de viver o jogo, tornando ele mais complexo e diverso do que apenas um “Jogo de tiro” qualquer. Feliz ou infelizmente, no modo PvP você joga apenas como os soldados e eles não possuem atributos, o que faz sentido já que este tem o intuito de ser um modo de combate.

Fortnite

Fortnite ainda está em processo de mudanças, o que faz com que ele tenha diversas atualizações pesadas (cerca de 2GB), por vezes impedindo alguns jogadores de jogar já que dependendo da sua internet você vai ter que esperar um bom tempo. Um ponto negativo que possivelmente acabará quando o jogo estiver finalizado, já que não tem acontecido  mudanças tão grandes com tanta frequência.

Em um âmbito geral o jogo é divertido tanto pela partida com os amigos como também pelos husks que por vezes chegam a ser cômicos. A gameplay é dinâmica, há muita abertura para abordagens criativas e inesperadas, como por exemplo fazer um forte para se proteger ou fazer uma torre bem alta com um trampolim para se infiltrar nesse forte. No fim das contas, ainda que em alguns modos sua jornada seja direcionada, a forma como você vencerá depende de você.

Escrito por:

5 Textos

Gamer, viciada em livros e gatos. Grande fã de jogos indies e histórias de ficção.
Todos os textos
Follow Me :