[CINEMA] “Meditation Park”, novo filme de Sandra Oh, chega ao Brasil em abril

[CINEMA] “Meditation Park”, novo filme de Sandra Oh, chega ao Brasil em abril

Compartilhe

Em comemoração ao dia internacional das mulheres, a distribuidora Lança Filmes divulgou o cartaz nacional de “Meditation Park” com Sandra Oh, vencedora de dois Globos de Ouro.

Abordando temas importantes e atuais sobre as mulheres como: Independência financeira, valores familiares, amizade, mulher na terceira idade e feminismo com muita elegância e bom humor, a diretora Mina Shum nos apresenta seu novo longa-metragem “Meditation Park” com estreia confirmada nos cinemas brasileiros dia 11 de abril.

Estrelado pelas atrizes Sandra Oh (Grey’s Anatomy) e Cheng Pei Pei (O Tigre e o Dragão) o filme relata a historia de Maria Whang. Esposa, mãe dedicada ao seus filhos e imigrante chinesa de 60 anos, vê sua vida mudar completamente quando descobre uma  peça íntima de outra mulher no bolso da calça de seu marido. Ao se dar conta o quão dependente havia se tornado durante todo seu casamento, Maria, então, parte em uma inesperada jornada de autoconhecimento, descobertas e uma liberdade jamais obtida anteriormente em sua vida.

Meditation Park
Pôster do filme. Imagem: reprodução

A diretora Mina Shum e a atriz Sandra Oh tem uma parceria de mais de 20 anos no cinema. Já trabalharam juntas em: “Os Dois Lados da Felicidade” (2007); “Vida longa, Felicidade & Prosperidade” (2002) e o recente “Meditation Park”, filme canadense, todo falado em inglês e, não por coincidência, protagonizado por Sandra Oh que é uma atriz canadense. Mina Shum, cineasta canadense independente, é escritora e diretora de longas-metragens premiados. Escreveu e dirigiu 5 filmes que estrearam nos prestigiosos festivais de Sundance, Toronto e Berlim alcançando sucesso no mercado doméstico e internacional. O jornal New York Times chama seu trabalho de “irônico e sedutor”

Leia também:
>> [SÉRIES] Killing Eve: a viciante espiral obsessiva sobre mulheres quebrando regras
>> [OPINIÃO] Quando a representatividade leste-asiática dá certo
>> [CINEMA] Capitã Marvel: o filme de super-heroína que qualquer garota queria e precisava!

Já Sandra Oh fez história no Globo de Ouro, ganhando duas vezes o prêmio de atuação: primeiro como melhor atriz coadjuvante em série em 2006, por sua icônica Cristina Yang em “Grey’s Anatomy” — em sua primeira indicação e recentemente  ganhou a categoria de melhor atriz em série dramática, por sua atuação como Eve Polastri em “Killing Eve” (2018).

Cheng Pei Pei, intérprete de Maria Whang, é uma das lendas do cinema em Hong Kong e construiu sua carreira através de filmes marcantes como “O Grande Mestre Beberrão” e “The Lady Hermit”. Porém, ganhou notoriedade internacional pelo papel da vilã Jade Fox, em “O Tigre e o Dragão”, onde foi premiada no Hong Kong Film Award como Melhor Atriz Coadjuvante. A atriz também integrará o elenco do live-action de “Mulan“, da Disney, com estreia prevista para 2020.

Fonte: Divulgação

Compartilhe

Autora

120 Posts

Aquariana, mora no Rio de Janeiro, graduada em Ciências Sociais e em Direito, com mestrado em Sociologia e Antropologia pelo PPGSA/UFRJ, curadora do Cineclube Delas, colaboradora do Podcast Feito por Elas, integrante da #partidA e das Elviras - Coletivo de Mulheres Críticas de Cinema. Obcecada por filmes e livros, ainda consegue ver séries de TV e peças teatrais nas horas vagas.
Veja todos os textos
Follow Me :