[GAMES] Assassin’s Creed Odyssey: Primeiras impressões

[GAMES] Assassin’s Creed Odyssey: Primeiras impressões

Compartilhe

O último lançamento da franquia Assassin’s Creed: Odyssey foi lançado dia 05 de outubro deste ano, para as plataformas PS4, Xbox One e PC. O jogo também conta com uma novelização, que deverá ser lançada em breve, contando a história através dos olhos de Kassandra, uma das protagonistas do game. Confira as impressões sobre o game, após mais de 40 horas explorando a Grécia antiga.

Assassin’s Creed: Odyssey conta com a opção de escolher qual personagem será a protagonista, podendo escolher entre Kassandra ou Alexios. Assim como em Mass Effect: Andromeda, os dois são irmãos e o personagem que não for escolhido continua aparecendo ao longo da história, porém desempenhando outro papel.

História

A história se passa na Grécia Antiga, e Kassandra é a neta de Lêonidas I, o lendário rei e general de Esparta da batalha de Termópilas. O enredo principal gira em torno dessa herança da protagonista, envolvendo alguns elementos de jogos anteriores da franquia. No entanto, Kassandra não é uma assassina exatamente, considerando que a origem da Irmandade dos Assassinos acontece anos depois, durante os eventos de AC Origins. Kassandra é uma misthios (mercenária) durante a Guerra do Peloponeso, conflito que envolveu várias cidades-estado aliadas à Esparta ou Atenas.

Assassin's Creed Odyssey

Assassin's Creed Odyssey

Jogabilidade

A jogabilidade está muito parecida com AC Origins, com várias melhorias do combate do seu predecessor. Ainda é possível jogar como uma assassina, isto é, utilizar golpes sorrateiros, esconder-se de inimigos e escalar pelo cenário. Porém, Assassin’s Creed: Odyssey acrescenta um modo batalha com vários inimigos, durante as batalhas de conquistas pelo controle das regiões. As facções não são fixas, ou seja, uma região pode ser aliada de Esparta no início do jogo e mudar sua aliança independente das ações da jogadora, embora seja possível influenciar o resultado disso através de suas ações. O combate naval também está muito desenvolvido, sendo muito importante tanto na história principal quanto nas diversas side quests do game.

Apesar do combate ser fluido e divertido, sentimos falta de mais opções de interação não-violentas com o mundo construído. Alguns side quests podem ser resolvidos sem precisar matar um alvo, mas considerando que outros jogos de RPG, como “Fallout”, possuem mais mecânicas nesse sentido, sentimos que Assassin’s Creed: Odyssey deixou a desejar nesse aspecto. No entanto, assim como outros games do gênero, é possível fazer escolhas e elas podem ter consequências positivas ou negativas, e nem sempre a opção mais “bondosa” é a mais indicada.

Kassandra

Assassin's Creed Odyssey

Leia também:
>> [GAMES] Toren: Representatividade feminina mais diversa em uma aventura épica
>> [GAMES] The Letter: Muito mais do que uma simples corrente
>> [GAMES] Resident Evil: A força das mulheres em um apocalipse zumbi

Novidades do jogo

Além da história principal, temos dois tipos de side quests: missões secundárias, que têm enredo mais elaborado, e contratos, que são as típicas “fetch quests”, onde a jogadora deve ir a algum ponto do mapa, matar algum alvo e retornar. Uma das principais novidades do game é a possibilidade de ter romances com personagens, seja na pele de Kassandra ou Alexios. Como seria esperado num game sobre a Grécia Antiga, é possível ter relacionamentos entre personagens do mesmo sexo. Alguns romances não são elaborados mais do que 1 ou 2 cenas entre as personagens, porém, outros possuem maior envolvimento emocional.

Assassin’s Creed: Odyssey é um jogo de mundo aberto e o mapa está consideravelmente maior do que Origins. Você pode passar horas visitando paisagens belíssimas e locais históricos, sendo fascinante para quem se interessa pela Grécia Antiga; explorar o combate naval; agir como uma mercenária em busca de ouro, armas e armaduras poderosas; ou ajudar a população a escapar da guerra. Até agora, estamos achando que AC Odyssey é um ótimo game e envolvente, prometendo ainda mais horas de entretenimento.

O jogo está disponível para compra nas plataformas Steam ou Nuuvem.


Compartilhe

Written by:

20 Posts

Já era interessada em ficção científica desde criança, tem um relacionamento recheado de idas e vindas com The Sims e é capaz de falar horas sobre Mass Effect. Quando não está ganhando mais troféus na PSN, pode ser encontrada com seu Kindle na mão.
View All Posts
Follow Me :