Por que todos querem Laura Dern?

Por que todos querem Laura Dern?

A atriz, produtora e diretora Laura Dern completou cinquenta e três anos no dia 10 de fevereiro. Importante saber que no dia anterior ela tinha acabado de conquistar seu primeiro Oscar, apenas confirmando o que todos já sabiam: todos querem a Laura Dern!

Filha dos celebrados atores Bruce Dern e Diane Ladd separados desde seus dois anos, Laura acabou sendo criada em um ambiente totalmente matriarcal por sua mãe e avó. Começou cedo, estreando como atriz já aos seis anos de idade, sendo que aos sete já atuava em “Alice já não mora mais aqui”, dirigido por Martin Scorcese. A mãe, Diane, seria indicada ao Oscar de melhor atriz coadjuvante pelo papel que interpretou neste filme, na mesma categoria que Laura seria indicada e ganharia quarenta e seis anos depois.

A criação da advogada de família Nora Fanshaw de “História de um Casamento”, recebeu uma avalanche de reconhecimento antes do Oscar, tendo rendido a Laura mais quatro prêmios: Globo de Ouro, Emmy, BAFTA e o SAG AWARD. O filme, com roteiro e direção de Noah Baumbach e lançado em 2019 pela Netflix, teve uma grande aceitação do público e da crítica, tendo rendido também as indicações de melhor filme, trilha sonora original e claro, de atuação para o ex-casal protagonista Scarlett Johansson e Adam Driver. 

Laura Dern no discurso de recebimento do Oscar de melhor atriz coadjuvante.
Laura Dern no discurso de recebimento do Oscar de melhor atriz coadjuvante. (Imagem: divulgação)

A febre Laura Dern

Aos dezessete anos, Laura entrou com um pedido judicial de emancipação contra seu pai, apenas para que pudesse perseguir em tempo integral o sonho de ser atriz, opção que o próprio Bruce Dern não considerava boa para a filha. Depois de ganhar a apelação e ir morar sozinha, chegou a dividir apartamento com a atual candidata à presidência norte-americana, Marianne Williansom. Já em 1986, dois anos depois de sair de casa, teve sua estreia em um papel de destaque com “Veludo azul”, filme de quem seria seu eterno parceiro, David Lynch.

É muito difícil ficar imune quando Laura entra em cena. Na época, com 19 anos, ela reverteu todas as expectativas colocadas na tradicional norte-americana padrão loira, alta e magra, com seu toque peculiar e longe do senso comum dos estereótipos femininos reproduzidos até hoje. É difícil encontrar alguém que consiga explorar tão bem diferentes nuances nos mais variados papéis, talvez apenas Toni Colette ou a Julianne Moore.

Somente nos últimos três anos ela esteve envolvida em grandes lançamentos norte-americanos, e sempre com personagens completamente distintos, desde a capitã Vice Admiral Amilyn Holdo, no controverso episódio VIII da saga Star Wars, de Rian Johnson, passando pela doce mãe das irmãs March, no remake de “Adoráveis Mulheres“, escrito e dirigido pela maravilhosa Greta Gerwig.

Laura Dern e David Lynch.
Laura e David Lynch. (Imagem: divulgação)

Posicionamento político

Laura não foge de assuntos controversos e é conhecida por seu engajamento político em causas ambientais e de gênero. Importante enfatizar seu papel no chocante “The Tale“, com roteiro e direção da documentarista Jennifer Fox.

No filme, acompanhamos uma mulher adulta interpretada por Dern, que reencontra um diário de sua infância com revelações de um passado deixado submerso pelo trauma, em alguma lugar da memória, para investigar uma relação de pedofilia de que teria sido vítima na infância, envolvendo seu treinador e outra tutora em uma fazenda especializada em treinamento de hipismo.

Entretanto, é ainda mais poderoso pensar que o roteiro deste filme é baseado na história real da diretora Fox, e é documentado de maneira bastante clara e muitas vezes incômoda para gerar consciência, ao mostrar como esse tipo de abuso é perpetrado pelas pessoas que menos imagina.

Cena do filme "The Tale".
Cena do filme “The Tale”. (Imagem: divulgação)

A Renata de “Big Little Lies”

Embora Laura Dern esteja já há quase cinquenta anos encantando com suas interpretações no cinema, ousamos dizer que com a personagem Renata Klein, da mini-série da HBO “Big Little Lies“, de Jean-Marc Vallée, o público realmente pôde se apaixonar pela monstruosidade que é a atriz em ação.

Na série, que teve sua primeira temporada explodindo em 2017, com um elenco produzido e estrelados por atrizes do porte de Nicole Kidman Reese Whiterspoon, sem contar a participação incrível de Meryl Strip na segunda temporada de 2019, não era possível olhar para outra movimentação em cena que não fosse Dern.

Ela acabou ganhando o reconhecimento de Outstanding Supporting Actress in a Limited Series or Television Movie por sua participação na primeira temporada, mas a mãe trabalhadora e super ambiciosa interpretada por Dern teve seus momentos realmente lendários na segunda. Alguns fãs até chegaram a comentar nas redes sociais como Laura havia levado essa última temporada nas costas, por não concordarem com o andamento do enredo depois do desfecho da primeira, que estava redondo da forma como estava. Porém, nós acreditamos que só por isso já valeu a pena!

Leia também:
>> A amizade feminina vista pelo cinema de Agnès Varda e Claudia Weill
>> A evolução da representação feminina na ficção científica audiovisual
>> A interminável busca por Vivian Maier
Renata Klein em Big Little Lies.
Renata Klein em Big Little Lies. (Imagem: divulgação)

A vida pessoal de Laura Dern

Durante gravação de “Jurassic Park” no Hawai, em 1992, a equipe de filmagem e elenco, incluindo o diretor Steven Spielberg, sobreviveram ao furacão Iniki, o maior já ocorrido na História dos territórios dos Estados Unidos. Esse acontecimento acabou aproximando Laura do seu co-star Jeff Goldblum, e eles acabaram namorando por um tempo. Laura chegou a noivar com o também ator Billy Bob Thorton no final dos anos 90, até que tudo acabou repentinamente quando ela foi viajar e ao voltar para casa não encontrou o ator.

Infelizmente, ela soube mais tarde que Thorton havia se casado com nada mais nada menos que Angelina Jolie, com quem seguiu em um relacionamento notoriamente tempestuoso até 2003. Posteriormente, eles se separaram e Laura engravidou do cantor Ben Harper, com quem teve dois filhos, Ellery e Jaya, casando-se em 2006, mas separando-se em 2013.

Laura Dern e os filhos.
Laura e os filhos. (Imagem: divulgação)

Próximas estreias

A continuação de “Jurassic Park” com o elenco original, que inclui além de Dern, Jeff Goldblum e também Sam Neil, está em gravação atualmente, e tem o lançamento marcado para 2021. Sobre a possibilidade de uma terceira temporada de “Big Little Lies”, Nicole Kidman e Reese Whiterspoon, também produtoras executivas da série, disseram que ainda há mais coisas que contar sobre as cinco protagonistas, mas realmente como se trata de um elenco estelar com agendas comprometidas, fica difícil organizar uma nova produção. Aguardemos para ver talvez um pouco mais de Renata Klein, mas por enquanto podemos estar tranquilas com a certeza de muita Laura Dern em outras produções tanto do cinema quanto da TV.

Escrito por:

23 textos

Jacu metropolitana com mente abstrata, salva da realidade pelas ficções. Formada em comunicação social, publicitária em atividade e estudante de Filosofia. Mais de trinta anos sem nunca deixar comida no prato.
Veja todos os textos
Follow Me :