A literatura cuida: livros leves para ler nesse momento difícil

A literatura cuida: livros leves para ler nesse momento difícil

Compartilhe
  • 1
    Share

Nos últimos meses a urgência da pandemia do Covid-19 impôs mudanças fundamentais não apenas em nossos comportamentos, mas na forma em que vemos o mundo como um todo. Hábitos e rotinas foram desconstruídos e estabeleceu-se a necessidade de reinventar nossos relacionamentos com a adoção de diversas medidas de cuidado e prevenção. E a relação mais complexa de compreender e de lidar nesse período é a relação conosco. 

Todavia, é normal não estar se sentindo bem ou não estar sendo produtivo nesse momento. E não podemos nos esquecer que precisamos, principalmente agora, de descanso e diversão, e a leitura é uma ótima forma de cuidarmos de nós mesmos.

A leitura transforma nossa visão de mundo, portanto, separar um pequeno momento do dia, seja 15 minutos ou até mesmo 1 hora, pode abrir portas para novos hábitos recompensadores. Dessa forma, preparamos uma lista de livros leves e escritos por autoras maravilhosas para ler nesse momento. Tais obras são exemplos que mostram como a literatura pode cuidar de nós.

A Cabeça do Santo – Socorro Acioli

livros leves para se ler nesse momento difícil

Sob o sol torturante do sertão do Ceará, Samuel empreende uma viagem a pé para encontrar o pai que nunca conheceu. Ele vai contrariado, apenas para cumprir o último pedido que a mãe lhe fez antes de morrer. Quando chega à cidade quase fantasma de Candeia, encontra abrigo num lugar curioso: a cabeça gigantesca de uma estátua inacabada de Santo Antônio, que jazia separada do resto do corpo. Coisas extraordinárias começam a acontecer depois que Samuel descobre ter o dom de ouvir as preces e os segredos do coração das mulheres das redondezas, que não param de reverberar dentro da cabeça do santo.

Leia também >> 8 ilustradoras e quadrinistas do norte brasileiro que você precisa conhecer

Socorro Acioli é uma escritora cearense, nascida em Fortaleza, que foi elogiada por José Eduardo Agualusa ao dizer que seu primeiro romance é como uma festa. As primeiras ideias dessa narrativa foram escritas em 2006 para a oficina de criação e roteiro, ministrada por ninguém mais ninguém menos que Gabriel García Márquez.

“A Cabeça do Santo” é uma obra de realismo mágico divertidíssima, partindo de uma representatividade maravilhosa do interior do nordeste, com passagens que parecem abraços e que com certeza vai te emocionar. 

Você pode adquirir o livro aqui!

Os Sete Maridos de Evelyn Hugo – Taylor Jenkins Reid

Os Sete Maridos de Evelyn Hugo - Taylor Jenkins Reid

Lendária estrela de Hollywood, Evelyn Hugo sempre esteve sob os holofotes – seja estrelando uma produção vencedora do Oscar, protagonizando algum escândalo ou aparecendo com um novo marido… pela sétima vez. Agora, prestes a completar oitenta anos e reclusa em seu apartamento no Upper East Side, a famigerada atriz decide contar a própria história – ou sua “verdadeira” história – mas com uma condição: que Monique Grant, jornalista iniciante e até então desconhecida, seja a entrevistadora. Ao embarcar nessa misteriosa empreitada, a jovem repórter começa a se dar conta de que nada é por acaso – e que suas trajetórias podem estar profunda e irreversivelmente conectadas.

Leia também >> Emma: a modernização do clássico de Jane Austen que precisávamos

“Os sete maridos de Evelyn Hugo”, de Taylor Jenkins Reid, é aquele livro que você não consegue estar completamente imerso na história, querendo saber mais detalhes dessa figura impressionante e, infelizmente, fictícia, que desbravava Hollywood com sua ambição e talento.

Evelyn e Monique, personagens principais desse livro, são palpáveis, reais, com sentimentos contraditórios e seus diversos problemas. Você a todo momento deseja que elas sejam reais e que façam parte desse universo, e como disse Heather Cocks e Jessica Morgan: Evelyn Hugo faz Elizabeth Taylor parecer sem graça. Você vai rir com ela, chorar, sofrer, e então voltar para a primeira página e fazer tudo de novo.

Você pode adquirir o livro aqui!

O Assassinato de Roger Ackroyd – Agatha Christie

O Assassinato de Roger Ackroyd - Agatha Christie

Uma misteriosa sequência de três crimes. Uma velha senhora desconfiada. Um famoso detetive belga de férias, procurando alguma emoção. Este é o ponto de partida de Roger Ackroyd, um dos mais famosos romances policiais de Agatha Christie, em que está presente seu estilo inconfundível de promover uma verdadeira ciranda de suspeitos, em que o leitor é envolvido e para a qual ele é convidado a usar toda a sua inteligência e perspicácia. 

É impossível em uma lista de livros leves esquecer de mencionar algum romance escrito por Agatha Christie. Suas histórias de mistério, assassinatos e personagens interessantes nos prendem logo nas primeiras páginas, portanto é impossível abandonar sem descobrir o final. Diversão garantida.

Você pode adquirir o livro aqui!

A casa dos espíritos – Isabel Allende

A casa dos espíritos - Isabel Allende

“A Casa dos Espíritos” é tanto uma emblemática saga familiar quanto um relato acerca de um período turbulento na história de um país latino-americano indefinido. Isabel Allende constrói um mundo conduzido pelos espíritos e o enche de habitantes expressivos e muito humanos, incluindo Esteban, o patriarca, um homem volátil e orgulhoso, cujo desejo por terra é lendário e que vive assombrado pela paixão tirânica que sente pela esposa – que nunca pode ter por completo.

Temos também Clara, a matriarca, evasiva e misteriosa, que prevê a tragédia familiar e molda o destino da casa e dos Trueba; Blanca, sua filha, de fala suave, mas rebelde, cujo amor chocante pelo filho do capataz de seu pai alimenta o eterno desprezo de Esteban, mesmo quando resulta na neta que ele tanto adora; e Alba, o fruto do amor proibido de Blanca, uma mulher ardente, obstinada e dotada de luminosa beleza.

As paixões, lutas e segredos da família Trueba abrangem três gerações e um século de transformações violentas, que culminaram em uma crise que leva o patriarca e sua amada neta para lados opostos das barricadas. Em um pano de fundo de revolução e contrarrevolução, Allende traz à vida uma família cujos laços privados de amor e ódio são mais complexos e duradouros do que as lealdades políticas que os colocam uns contra os outros. Um romance atemporal com toques de inspiração na família da própria autora.

Leia também >> Autoras do Realismo Fantástico: Isabel Allende e os contextos da América Latina

Conhecido como a obra prima da literatura latino-americana, em “A Casa dos Espíritos” é criado um universo apaixonante repleto de personagens complexos, cheios de erros e muito reais, que vão fazer você sentir raiva, amor, além de se emocionar profundamente e sentir que faz parte da família Trueba. Indispensável.

Você pode adquirir o livro aqui!

Pessoas Normais – Sally Rooney

Pessoas Normais - Sally Rooney

Na escola, no interior da Irlanda, Connell e Marianne fingem não se conhecer. Ele é a estrela do time de futebol, ela é solitária e preza por sua privacidade. Mas a mãe de Connell trabalha como empregada na casa dos pais de Marianne, e quando o garoto vai buscar a mãe depois do expediente, uma estranha e indelével conexão cresce entre os dois adolescentes ― contudo, um deles está determinado a esconder a relação.

Um ano depois, ambos estão na universidade, em Dublin. Marianne encontrou seu lugar em um novo mundo enquanto Connell fica à margem, tímido e inseguro. Ao longo dos anos da graduação, os dois permanecem próximos, como linhas que se encontram e separam conforme as oportunidades da vida. Porém, enquanto Marianne se embrenha em um espiral de autodestruição e Connell começa a duvidar do sentido de suas escolhas, eles precisam entender até que ponto estão dispostos a ir para salvar um ao outro.

Leia também >> The Woman in White: a união de duas irmãs numa sociedade patriarcal vitoriana

“Pessoas Normais” é uma história de amor entre duas pessoas que tentam ficar separadas, mas descobrem que isso pode ser mais difícil do que elas tinham imaginado. Trata-se principalmente de um livro sobre as complexidades do amor. Portanto, os personagens de Sally Rooney são marcantes, além de ser um retrato maravilhoso dessa nova geração de romances young adult, que falam sobre a realidade de maneira crua, repleta de problemas sociais e pessoais. Um romance íntimo, inteligente, divertido e cheio de personalidade.

Já publicamos uma resenha específica sobre o livro, que você pode encontrar aqui, bem como uma crítica sobre a adaptação feita pela BBC nesse ano.

Você pode adquirir o livro aqui!

Esses são apenas alguns exemplos de livros leves pelos quais você pode se aventurar nesse momento difícil. Lembre-se que você não está experienciando tudo isso sozinho. Se sentir necessidade, peça ajuda, faça chamada com seus amigos e familiares que estão distantes. Ofereça a eles suporte emocional e crie uma rede de apoio mútuo. Procurar um novo hábito, como a leitura, pode te ajudar em situações de estresse e ansiedade.

Cuide da sua saúde e de sua família, utilize sempre máscaras, e só saia de casa se verdadeiramente necessário. Mesmo com a flexibilização da quarentena, ainda estamos num país com mais de 100.000 mortos e esta curva não está diminuindo, precisamos de todo cuidado possível, e esperamos que gostem dessas indicações de livros!


Edição, revisão e arte em destaque por Isabelle Simões.


Compartilhe
  • 1
    Share

Autora

Estudante de Direito, nordestina, pode falar sobre Studio Ghibli e feminismo por horas sem parar, amante de cinema e literatura (ainda mais se feito por mulheres), pesquisadora, acumuladora de livros e passa mais tempo criando listas inúteis do que gostaria.
Veja todos os textos
Follow Me :