[LITERATURA] 9 livros escritos por mulheres para ler no mês de novembro!

[LITERATURA] 9 livros escritos por mulheres para ler no mês de novembro!

Compartilhe

Trazemos neste mês de novembro mais uma lista com dicas de livros escritos por mulheres, dessa vez, contendo a indicação de uma biografia em quadrinhos! Nossas indicações são livros que já resenhamos ou mencionamos aqui no site ou em nossas redes sociais, e também os últimos lançamentos que nos chamaram a atenção, dos mais variados estilos literários, com intuito de promover a diversidade na literatura, apresentando autoras importantes que todos e todas vocês deveriam conhecer.  

Confira abaixo a lista de livros escritos por mulheres para ler em novembro:

A Quinta Estação, de N.K. Jemisin

A Quinta Estação

A Quinta Estação foi o livro vencedor da categoria de Melhor Romance do importante prêmio Hugo Awards na edição do ano passado, chegando ao Brasil no início de novembro pela editora Morro Branco. Com apenas 45 anos de idade, N.K. Jemisin é uma das mais importantes autoras da ficção científica da atualidade, e fez história como a primeira autora negra vencedora do prêmio Hugo de Melhor Romance. 

Sinopse: É assim que o mundo termina. Pela última vez. Três coisas terríveis acontecem em um único dia: Essun volta para casa e descobre que seu marido assassinou brutalmente o próprio filho e sequestrou sua filha. Sanze, o poderoso império cujas inovações têm sido o fundamento da civilização por mais de mil anos, colapsa frente à destruição de sua maior cidade pelas mãos de um homem louco e vingativo. E, no coração do único continente, uma grande fenda vermelha foi aberta e expele cinzas capazes de escurecer o céu e apagar o sol por anos. Ou séculos. Mas esta é a Quietude, lugar há muito acostumado à catástrofe, onde os orogenes – aqueles que empunham o poder da terra como uma arma – são mais temidos do que a longa e fria noite.

Se interessou pelo livro? Compre aqui!

A Mãe de Todas as Perguntas, de Rebecca Solnit

A Mãe de Todas as Perguntas

Sinopse: Rebecca Solnit é hoje uma das principais pensadoras do feminismo contemporâneo. Autora do famoso ensaio que deu origem ao termo mansplaining, que veio revolucionar o vocabulário das discussões sobre gênero, sua obra é leitura obrigatória tanto para as pessoas mais experimentadas no tema quanto para aqueles que desejam se iniciar em um dos principais debates da sociedade atual. Em A mãe de todas as perguntas, Solnit parte das ideias centrais de maternidade e silenciamento feminino para tecer comentários indispensáveis sobre diferentes temas do feminismo: misoginia, violência contra a mulher, fragilidade masculina, o histórico recente de piadas sobre estupro e outros mais. Cristalinos e contundentes, seus ensaios devolvem ao tema toda a gravidade ele merece, sem abrir mão da poesia e do humor característicos de sua escrita. Leia nossa resenha do livro AQUI.

Se interessou pelo livro? Compre aqui!

No Seu Pescoço, de Chimamanda Ngozie Adichie

No Seu Pescoço - Chimamanda Ngozi Adichie

Sinopse: Publicado em inglês em 2009, No seu pescoço contém todos os elementos que fazem de Adichie uma das principais escritoras contemporâneas. Nos doze contos que compõem o volume, encontramos a sensibilidade da autora voltada para a temática da imigração, da desigualdade racial, dos conflitos religiosos e das relações familiares. Combinando técnicas da narrativa convencional com experimentalismo, como no conto que dá nome ao livro — escrito em segunda pessoa —, Adichie parte da perspectiva do indivíduo para atingir o universal que há em cada um de nós e, com isso, proporciona a seus leitores a experiência da empatia, bem escassa em nossos tempos. Leia nossa resenha do livro AQUI.

Se interessou pelo livro? Compre aqui!

Legado de Sangue, de Claudia Gray

escritos por mulheres

Sinopse: Quando a Aliança Rebelde derrubou o Império, a princesa Leia acreditava que um longo período de paz iria começar. Mas o que se seguiram foram décadas de brigas sem fim e rixas partidárias no senado da Nova República. Leia, agora uma senadora influente, está perdendo a fé na política enquanto assiste seus colegas no senado, desesperados por mudanças, tomarem medidas que podem destruir o governo igualitário recém-criado. A última princesa de Alderaan torna-se a única esperança da democracia em seu momento mais frágil, mas o passado e o futuro com o lado sombrio da Força a perseguem. O treinamento Jedi de seu filho Ben a preocupa, especialmente depois que ele e Luke param de lhe mandar mensagens, e um dos maiores segredos da família pode vir à tona e colocar em cheque sua credibilidade. Situada pouco antes do Episódio VII: O Despertar da Força, esta obra da aclamada escritora Claudia Gray apresenta o surgimento da primeira ordem e do clima que impera na galáxia nos novos filmes, além de aprofundar os conflitos de sua protagonista, a princesa Leia.

Se interessou pelo livro? Compre aqui!

As Garotas, de Emma Cline

escritos por mulheres

Sinopse: No final da década de 1960, a jovem Evie Boyd vive sozinha com a mãe no norte da Califórnia. Aos quatorze anos, imersa em inúmeras questões de autoaceitação, ela se sente muito desconfortável com o próprio corpo e tem apenas uma pessoa com quem contar: Connie, sua amiga de infância. No início do verão, uma briga faz com que as duas se afastem, e Evie encontra um novo grupo: garotas que demonstram extrema liberdade, usam roupas desleixadas e emanam uma atmosfera de abandono que a deixa fascinada. A jovem logo percebe que já está sob o poder e o domínio de Suzanne, a mais velha do grupo, e acaba entrando em um culto sombrio, liderado pelo carismático Russell Hadrick.

O rancho do grupo é um lugar estranho e decadente, mas, aos olhos da adolescente, parece exótico, com uma energia singular. Evie descobre que as garotas cozinham, limpam e prestam até mesmo serviços sexuais para Russell, que proclama um desejo de libertar as pessoas do sistema. Evie quer apenas ser aceita pelos outros integrantes, principalmente por Suzanne. É sua chance de se sentir amada e pertencente a algo. Conforme sua obsessão por Suzanne se intensifica, ela não percebe que se aproxima de uma violência inacreditável. Contada por Evie já adulta e ainda abalada, a narrativa é um impressionante retrato de garotas que se tornam mulheres. Leia nossa resenha do livro AQUI.

Se interessou pelo livro? Compre aqui!

Esse Cabelo, de Djaimilia Pereira de Almeida

escritos por mulheres

Sinopse: Além de contar a inusitada história de um cabelo crespo, o livro Esse Cabelo fala também de racismo, feminismo e identidade. A novíssima estrela da literatura portuguesa chama-se Djaimilia Pereira de Almeida — e é angolana.

Esta é a história de uma menina que chegou em Lisboa, aos três anos de idade, saída de Luanda, na África, e das suas memórias ao longo do tempo – porque não somos sempre iguais aos nossos retratos de infância –, mas é também a história das origens do seu cabelo crespo. Falar de cabelos é uma bobagem? Não, até porque, segundo a narradora deste livro, “escrever parece-se com pentear uma cabeleira em descanso”; e visitar salões de beleza é uma boa forma de conhecer hábitos, de aprender a distinguir modos e feições e até de detectar preconceitos. Leia nossa resenha do livro AQUI.

Se interessou pelo livro? Compre aqui!

Sobre Gatos

escritos por mulheres

Sinopse: A autora Doris Lessing ganhou o Prêmio Nobel de Literatura em 2007. Seu caso de amor com gatos começou na infância, na fazenda africana onde cresceu, e sua fascinação pelos felinos só fez aumentar ao longo dos anos em que dividiu sua casa e sua vida com essas “criaturas domesticadas”. Sobre gatos é uma deliciosa coletânea que reúne três narrativas inéditas no Brasil: “Gatos em particular”, “Rufus, o sobrevivente” e “A velhice de El Magnífico”. É um trabalho de raro afeto e delicada compaixão, sem deixar de lado certa mordacidade, bem ao estilo de sua escrita. O que une, por exemplo, seres humanos e gatos? Qual é a experiência desse relacionamento sob a ótica de uma escritora tão preocupada com a sociedade, suas perspectivas sociais e políticas? Os apaixonados por gatos vão encontrar nas páginas deste livro momentos de alegria e reflexão.

Se interessou pelo livro? Compre aqui!

Rosa Vermelha – Uma Biografia em Quadrinhos de Rosa Luxemburgo, por Kate Evans

escritos por mulheres

Sinopse: Mas foi muito mais que uma simples pensadora. Fez-se ouvir num mundo avesso às vozes de mulheres fortes. Superou a enfermidade física e o preconceito que sofria por ser judia e tornou-se uma revolucionária ativa cuja filosofia preencheu todas as facetas de uma vida incrivelmente produtiva e criativa. Nesta biografia em quadrinhos, a escritora e desenhista Kate Evans torna o mundo intelectual de Rosa Luxemburgo acessível a um novo público, evidenciando o elo entre suas ideias e as realidades de uma vida inspiradora e profundamente comovente.

Se interessou pelo livro? Compre aqui!!

50 Brasileiras Incríveis Para Conhecer Antes de Crescer, de Débora Thomé

escritos por mulheres

Sinopse: Em tempo de super-heróis nos cinemas, 50 brasileiras incríveis para conhecer antes de crescer é um livro fantástico sobre heroínas da vida real. Débora Thomé, jornalista, cientista política e criadora do bloco de carnaval Mulheres Rodadas, é a autora dessa obra que reúne a biografia de grandes mulheres brasileiras e conta também com ilustrações belíssimas feitas por artistas mulheres. Com uma história cheia de aventuras e desafios, neste livro não faltam mulheres fortes, fabulosas e fantásticas para inspirar meninas e meninos a não desistirem de seus sonhos, independente das dificuldades. Incríveis, revolucionárias, livres. Mulheres que mudaram o mundo com histórias para ler antes de crescer, de dormir e de sonhar.

Se interessou pelo livro? Compre aqui!


Compartilhe

Written by:

288 Posts

Fundadora e editora-chefe do Delirium Nerd. Revisora. Apaixonada por gatos, café, cinema do oriente médio, quadrinhos e animações japonesas. Ouve muito Harry Styles e cantoras melancólicas.
View All Posts
Follow Me :