[NOTÍCIA] Mafalda, de Quino, foi usada em fake news contra a lei do aborto na Argentina

[NOTÍCIA] Mafalda, de Quino, foi usada em fake news contra a lei do aborto na Argentina

Compartilhe

A personagem dos quadrinhos mais famosa da Argentina foi usada nas redes sociais ao lado de seu criador Quino, em publicações contrárias à legalização do aborto, lei que acabou sendo vetada no país. A imagem que viralizou mostrava Mafalda sorridente com um lenço azul celeste no pescoço, símbolo da campanha, com a seguinte legenda: “salvemos as duas vidas” (o lenço azul é usado por aqueles que são contrários à interrupção da gravidez).

O cartunista veio ao público declarar que não autorizou o uso da imagem e, pelas redes sociais, fez um comunicado para desmentir a participação na campanha. Em 19 de julho, Quino escreveu uma nota na conta de Facebook ‘Ediciones de la Flor’, onde são publicadas as tirinhas de Mafalda, com o seguinte conteúdo:

Foram divulgadas imagens de Mafalda com um lenço azul que simboliza a oposição à lei de interrupção voluntária da gravidez. Não autorizei, não reflete a minha posição e solicito que seja removida. Sempre acompanhei as causas dos direitos humanos em geral e especialmente as causas dos direitos humanos das mulheres, a quem desejo sorte em suas reivindicações“, acrescenta o texto.

Mafalda

Na Argentina, o projeto que legaliza a interrupção da gestação sem restrições até a 14ª semana, passou pela Câmara dos Deputados em 14 de junho, com a maioria dos votos. Já em 09 de agosto, o projeto foi rejeitado pelo Senado. Assim, o aborto continua sendo crime, com excessão de gravidez resultante de estupro, ou quando há risco de morte para a mulher.

Na América Latina, onde a maioria dos países são católicos, o aborto é legalizado apenas na Guiana, Cuba, Uruguai e na capital do México (desde 2007, o aborto foi despenalizado na Cidade do México, sendo que nos outros 31 estados do país continua sendo ilegal). No mundo, é liberado em 63 países e amplamente aprovado em outras 13 nações (dados da ONG norte-americana Center for Reproductive Rights).


Compartilhe

Autora

287 Posts

Fundadora e editora-chefe do Delirium Nerd. Revisora. Apaixonada por gatos, café, cinema do oriente médio, quadrinhos e animações japonesas. Ouve muito Harry Styles e cantoras melancólicas.
Veja todos os textos
Follow Me :