“Resident Evil 7” traz DLC com partida mortal de Blackjack

“Resident Evil 7” traz DLC com partida mortal de Blackjack

Lançado há cerca de 5 anos atrás, em 2017, o game Resident Evil 7 tem além da legião de fãs da saga algumas DLCs (downloadable contente) bastante interessantes. Uma delas trás a possibilidade de jogar uma partida mortal do clássico jogo de cassinos Blackjack, também conhecido por alguns como 21.

O jogo de cartas macabro trás o personagem Clancy em mais um dos jogos de Lucas Baker, dessa vez uma partida de baralho onde a derrota pode significar a morte ou ao menos ter algumas partes do corpo decepadas.

Se na maioria dos cassinos contar as cartas é visto como uma prática condenável, em Residente Evil 7 a sobrevivência está em jogo então contar as cartas é essencial. Em Resident Evil rola uma versão simplificada com 11 cartas no baralho, numeradas de 1 a 11. O objetivo é somar 21 ou se aproximar ao máximo disso sem ultrapassar a soma máxima.

A cada rodada os jogadores recebem uma carta fechada, que não pode ser vista pelo adversário, enquanto as demais cartas são abertas. Contar as cartas é a melhor estratégia para tentar saber quanto seu adversário possui e se é possível por exemplo, arriscar para tentar chegar a 21 ou melhor parar com outro número alto.

Cena de “Resident Evil 7” | imagem: reprodução

Blackjack: o jogo de cartas preferido dos cassinos físicos e online

O blackjack é considerado um dos jogos de mesa mais famosos. Jogadores de todas as idades são fãs deste clássico que já se tornou inclusive tema de diversos filmes. Graças à ascensão dos cassinos online, novas possibilidades como jogar blackjack online se tornaram disponíveis para qualquer pessoa em seus smartphones ou computadores.

De acordo com o UNLV Center for Gaming Research, o blackjack é de fato um dos jogos de cassino mais populares. Em 1985, o blackjack era responsável por 77% de todas as atividades dos cassinos. Mas com o tempo, esses números mudaram muito. Em 2018, a participação do blackjack caiu para 49,15%.

Assim, a queda de 27,85% em 30 anos aponta para a diminuição do interesse dos jogadores no blackjack. No entanto, esses números são verdadeiros apenas para os cassinos físicos. A adição dos jogos de blackjack a sites de apostas e aplicativos móveis pode ter atraídos estes jogadores que anteriormente se dirigiam aos cassinos, afinal, a oportunidade de jogar blackjack até mesmo de graça em cassinos online, do conforto de sua casa, torna os cassinos físicos menos atrativos.

Publicidade
Leia também >> Lost in Random: conto de fadas sombrio sobre classe social

De volta a Resident Evil 7, este clássico que está completando 5 anos de lançamento, antes de Clancy ter uma festa de aniversário só para ele, Lucas Baker o obrigou a jogar um jogo de blackjack contra Hoffman – um companheiro de prisão. A versão de blackjack ou 21 de Lucas apresenta além do baralho de 11 cartas que Clancy e Hoffman compartilham, algumas cartas trunfo que podem ser usados por ou contra Clancy para tirar cartas do jogo ou até mesmo para aumentar a aposta de um oponente.

Como dissemos anteriormente. embora haja um bom grau de sorte em jogo, a versão de “21” em Resident Evil 7 recompensa os jogadores inteligentes que mantêm suas cartas trunfo para os momentos certos e não fazem apostas desnecessárias.

Não deixe de usar trunfos no momento certo para aumentar as apostas contra Hoffman e conseguir chegar à rodada final mais cedo. Assim que Hoffman tiver 21 (na última rodada possível), use “Love Your Enemy” para forçá-lo a acertar. Hoffman não poderá retaliar e Clancy poderá ficar confortavelmente em qualquer número abaixo de 21. Por sua perda, Hoffman será punido com a violência característica da série e Clancy será recompensado com um belo Feliz Aniversário. Agora cabe a você se divertir com essa DLC incrível de Resident Evil 7.

Escrito por:

340 textos

Site sobre cultura e entretenimento, que destaca o protagonismo feminino e analisa a representação feminina nas obras.
Veja todos os textos
Follow Me :
error: Os artigos do Delirium Nerd estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Plágio é crime. A utilização não autorizada deste artigo pode resultar em processo.