[QUADRINHOS] Deslocamento: Aventura, existencialismo e humor (Resenha)

[QUADRINHOS] Deslocamento: Aventura, existencialismo e humor (Resenha)

Deslocamento é uma graphic novel autobiográfica escrita e desenhada por Lucy Knisley. A história é uma verdadeira aventura através de questões existenciais e físicas da vida, e fala sobre todas as limitações dos seres humanos e o quanto elas podem amedrontar.

Deslocamento

O quadrinho nos conta sobre uma viagem marítima em um cruzeiro, ao qual a autora participou com seus avós e de como essa viagem acabou por fazer ela se confrontar com a sua existência e o quão frágil ela pode ser. Lucy, que está passando por um momento complicado de sua vida – desempregada, tentando terminar um quadrinho e querendo fugir do inverno – se oferece para acompanhar os avós quando eles decidem ir em uma aventura marítima. O único problema é que seus avós não estão em condições realmente boas de fazer uma viagem. Eles, por já terem uma idade avançada, acabam sempre esquecendo das simples tarefas do dia a dia, até da própria neta, o que complica muito as coisas para ela.

Deslocamento, Lucy Knisley Deslocamento

A autora nos conta na introdução que na época da viagem estava tentando se recuperar do término de um namoro e discorre como foi importante ver o relacionamento de seus avós, agora que estava com eles, por uma perspectiva mais próxima. Lucy vai nos mostrar que nessa época estava na fase de crescimento pessoal, aquela famosa fase de quando estamos virando adultas e não sabemos muito bem para onde estamos indo.

Algo interessante sobre o quadrinho também é que logo nas primeiras páginas descobrimos que seu avô já lutou na segunda guerra mundial, e que ele em certa parte da vida acabou escrevendo um livro contando suas memórias da guerra, ao qual deu cópias para seus familiares. A autora, que leva esse livro para a viagem, acaba por inserir no quadrinho pequenas passagens das memórias de seu avô, o que acaba por nos despertar maior interesse na leitura.

Deslocamento, Lucy Knisley

No decorrer do quadrinho podemos ter um vislumbre sobre sua avó, que já foi uma grande professora e que amava ler, porém já não consegue mais se concentrar em nenhuma leitura devido a consequências dos problemas com a chegada da idade avançada, o que acaba assustando sua neta, que ama ler. A autora consta a partir dessa viagem a fragilidade da vida e suas mudanças, dizendo como é muito importante encarar de frente tudo o que o futuro nos guarda e ter alguém que possa estar do nosso lado nos dando apoio e amor.

Esta viagem é sobre paciência, cuidado, respeito, compaixão e amor” – Deslocamento, de Lucy Knisley

Leia também:

>> O Enterro das Minhas Ex: A importância da representatividade lésbica

>> “Uma Morte Horrível” na cidade do amor (ou nem tanto assim)

>> “Entre Umas e Outras” e o humor ácido de Julia Wertz

Representação feminina na obra

É importante frisar que na obra as mulheres principais que são Lucy e sua avó. São personalidades fortes, principalmente a autora, que lida com todos os problemas que aparecem, não com aquela facilidade que às vezes é retratada em obras machistas, facilidades práticas “que todas mulheres têm”, mas com verdadeira força e determinação para ajudar seus avós. Em determinado momento ela acaba se mostrando uma mulher muito forte, quando ela liga para pedir ajuda para seu pai e seu tio, mas eles nem  ao menos se mostram interessados no pedido, fazem pouco caso, então Lucy percebe que está sozinha e que tem que fazer as coisas darem certo, por seus avós – e no fim ela consegue fazer tudo sozinha.

É interessante mencionar que a história é super divertida, mesmo tendo seus momentos de reflexão e descobrimento pessoal. As situações pelas quais a autora irá passar, fará com que as leitoras se divirtam, ainda mais com a ajuda de suas ilustrações descontraídas e delicadas, sempre em equilíbrio com os sentimentos de quem está lendo a obra.

Deslocamento, Lucy Knisley

Deslocamento é uma viagem sobre relações familiares e de auto descobrimento da autora, que acaba por nos tocar e nos fazer pensar, mas também nos tira boas risadas com algumas das circunstâncias às quais ela e seus avós acabam passando; é um verdadeiro confronto sobre o tempo. A editora Nemo, que vem lançando quadrinhos que dialogam com o leitor contemporâneo, foi quem lançou Deslocamentos no Brasil.

Sobre a autora

Lucy Knisley é quadrinista, mora em Chicago, e, ocasionalmente, brinca com fantoches, toca ukulele, e escreve sobre comida e viagens. Ela estudou no The School of the Art Institute of Chigado e no Center for Cartoon Studies.

Lucy escreveu histórias em quadrinhos para várias antologias e publicações, incluindo alguns volumes para a Marvel e Valiant, e uma série de histórias e capas para os quadrinhos de Adventure Time, da Boom Studios.

Também ensina e dá palestras sobre histórias em quadrinhos em convenções, programas escolares, acampamentos e oficinas para adultos. 

Seus trabalhos lançados até o momento: French MilkRelishAn Age of License, Displacement (Deslocamento) e Something New; Tales from a Makeshift Bride. Deslocamento foi a primeira obra da autora lançada no Brasil pela Editora Nemo.


DeslocamentoDeslocamento – Um Diário de Viagem

Lucy Knisley

144 páginas

Editora Nemo

Onde comprar: Amazon

Esta obra foi cedida pela editora para resenha.

Conheça as obras da Editora Nemo: Site Oficial Facebook  Compre aqui livros da editora

Autora:

12 textos

Leitora compulsiva. Apaixonada por animações. Jane Austen e Virginia Woolf são suas escritoras favoritas. Louca por séries. E uma escritora em progresso.
Todos os textos
Follow Me :