Mulheres nos Quadrinhos: a invencível Erica Henderson

Mulheres nos Quadrinhos: a invencível Erica Henderson

Compartilhe

Arte e histórias de detetive faziam parte da vida de Erica Henderson antes mesmo da ilustradora e animadora se dedicar aos quadrinhos profissionalmente. Nascida em Nova York, Henderson é filha da designer de moda Grace Tin Lo e de C. J. Henderson, autor de terror, ficção policial e quadrinhos, tendo entre seus trabalhos o título “Punisher: The Prize” publicado nos anos 1990.

Durante a graduação na Escola de Design de Rhode Island, Erica Henderson contribuiu com a série televisiva “Venture Bros.” (2008). Além disso, nesse período ela ainda preparou storyboards e trabalhou no live-action do filme “Underdog(2007). Posteriormente, a artista ainda atuou na área de games em jogos da franquia “Rock Band”, entre eles “The Beatles: Rock Band” (2009).

Erica comenta no Twitter alguns momentos peculiares de seu trabalho em “The Beatles: Rock Band”.

Já nos quadrinhos, Erica Henderson se destaca como vencedora de dois prêmios Eisner nas categorias “Melhor Publicação para Adolescentes (entre 13 e 17 anos)” e “Melhor Publicação de Humor” com as HQs “A Invencível Garota Esquilo (parceria com Ryan North) eJughead(em colaboração com Chip Zdarsky, Ryan North e Derek Charm).

O processo de trabalho de Henderson nas histórias em quadrinhos envolve técnicas tradicionais e digitais. Geralmente, ela inicia miniaturas rápidas no papel antes de fazer os lápis digitalmente. Para a artista, desenhar à mão e depois no computador deixa o desenho mais natural.

A Invencível Garota Esquilo

Henderson ilustrou para a Marvel os primeiros 37 números do reboot de “A Invencível Garota Esquilo”, deixando a série em março de 2018. Entretanto, a artista continuou colaborando com a criação de capas para as histórias da heroína. Para quem desconhece a personagem, Doreen Green (Garota Esquilo) teve sua primeira aparição no segundo volume da Marvel Super Heroes em 1991. 

Vítima de bullying por sua condição mutante, Doreen resolve se tornar uma super heroína armando uma emboscada para o Homem de Ferro. Aproveitando o sumiço do herói, Doutor Destino coloca um plano maligno em prática, porém ele não contava com a astúcia da Garota Esquilo que o impede e ainda deixa Tony Stark surpreso, mas não o suficiente para tê-la como sidekick. Incansável em seu objetivo, Doreen se muda para Nova York e se une aos Vingadores Centrais, vencendo Thanos sozinha.

Leia também:
>> 6 Quadrinhos que toda mulher deveria ler
>> Construindo uma heroína: a saga de Natasha Romanoff nos cinemas

Doreen nega se fazer parte da S.H.I.E.L.D. e se torna babá da filha de Jessica Jones com Luke Cage até a Guerra Civil, quando Luke abandona os Novos Vingadores. Dessa forma, a Garota Esquilo começa a viver às escondidas no sótão da mansão dos Vingadores, até que se matricula na universidade e assim se inicia sua série. O “esquiloverso” de Doreen é visto como uma espécie de Deadpool para adolescentes, sem palavrões ou cenas pesadas, mas repleto de humor e histórias inimagináveis, como The Squirrel Girl Beats Up The Marvel Universe (“A Invencível Garota Esquilo espanca o Universo Marvel”, tradução livre) em que a garota lida com sua versão maligna.

Garota Esquilo
Se alguém pode derrotar o Universo Marvel, esse alguém é a Garota Esquilo. (Imagem: reprodução)

Além do humor e brincadeiras com a complexidade do Universo Marvel, a Garota Esquilo de Henderson gera debates acerca de sua aparência. Fugindo dos padrões atléticos, geralmente atribuídos às heroínas, Doreen Green não apresenta músculos definidos, cabelos longos esvoaçantes e rosto anguloso.

A escolha de Erica Henderson é bem pensada, principalmente quando se observa a classificação indicativa da revista: teen, para adolescentes a partir de 13 anos. Dessa forma, meninas (e meninos também) percebem que não há nada de errado em estar fora dos padrões de beleza, é possível salvar o dia sendo engraçada, inteligente, sagaz e com o corpo que temos.

A Invencível Garota Esquilo
Fale com esquilos, salve o dia. (Imagem: reprodução)

Jughead

Leitora dos quadrinhos da Archie Comics durante a adolescência,  Henderson não imaginava que um dia se tornaria colaboradora da editora. Entre 2015 e 2016, a artista ficou responsável pelo reboot da revista solo de Jughead, personagem criado por Bob Montana e John L. Goldwater, cuja primeira aparição se deu em dezembro de 1941 na Pep Comics #22. Antes de ter um título próprio, Jughead aparecia nas revistas do melhor amigo e protagonista da série, Archie Andrews.

Nas HQs, Jughead Jones é um jovem astuto, sarcástico e que não dispensa um bom hambúrguer ou a oportunidade de não seguir o que os outros dizem. Sua personalidade o torna alvo de provocações de outros personagens da trama, como Reggie Mantle, mas Jug quase sempre se sai bem com soluções criativas e bem-humoradas. Para os fãs de “Riverdale“, a questão do humor pode soar estranha quando associada ao Jughead da série da CW. Apesar das semelhanças em relação à aparência — cabelos pretos, suéter com a letra “S” bordada e o gorro de pontas recortadas — a versão televisiva, interpretada por Cole Sprouse, traz um Jug mais fechado e sombrio.

Jughead: quadrinho e série
A comparação entre os Jugheads: quadrinhos x seriado. (Imagem: reprodução)

A dobradinha entre Erica Henderson e Chip Zdarsky é vista como “time dos sonhos” para os fãs de Jughead. Apesar do reboot não conter uma reinvenção ousada do personagem, a união entre narrativa escrita e visual cria um ritmo de desenvolvimento da trama que se parece com a forma que Jug leva a vida: a história não tem pressa de chegar a lugar algum. Dessa maneira, os leitores se deleitam com o detalhamento dos traços de Henderson e o humor de Zdarsky.

Erica Henderson
Hambúrgueres são o único amor possível para Jughead. (Imagem: reprodução)

Assassin Nation

Em 2019, Erica Henderson se uniu ao autor das HQs de “Rick and Morty, Kyle Starks, para uma empreitada bem diferente dos trabalhos feitos por ela anteriormente. “Assassin Nation” parte da premissa de que o maior assassino de aluguel do mundo, agora aposentado e um dos maiores chefões do crime, foi alvo de vários acertos de contas fracassados. Cansado de seus guarda-costas serem incapazes de lidar com o problema, ele contrata os 20 melhores assassinos para serem seus novos guarda-costas. Apesar das tramas paralelas, o foco está em desvendar quem tenta matar o chefe Rankin e se esses assassinos podem trabalhar juntos.

Erica Henderson
Nem só de esquilos é feito o trabalho de Erica Henderson. (Imagem: reprodução)

A parceria entre Henderson e Starks surgiu espontaneamente, pois ambos já demonstravam interesse em uma dobradinha, mas faltava tempo em comum na agenda dos artistas. Porém, durante a Comic Con de Nova York, Kyle Starks enviou por mensagem sua ideia para Erica, que aceitou prontamente. Apesar de trabalhar com material voltado para todas as ideias, a grande paixão de Erica Henderson está na ação e no horror, o que a motivou a embarcar em “Assassin Nation”.

Leia também:
>> Riverdale: uma tentativa de discutir o feminismo em produções juvenis

A percepção de que Erica Henderson precisava ilustrar uma história de ação também estava em seu parceiro de publicação Kyle Starks. Ambos compartilham a história em entrevista a The Beat, onde Henderson diz que foi divertido desenhar algo novo, já que grande parte de sua carreira foi pautada por Garota Esquilo e Starks brinca que não havia um assassinato sequer naquele título, mas que “Jughead” foi o motivo dele saber que ela seria extraordinária fazendo um livro de ação inteiro. O resultado está aí!

Para conhecer outros trabalhos da Erica Henderson além de “A Invencível Garota Esquilo”, “Jughead” e “Assassin Nation”, siga a artista no Instagram, no Twitter ou no Patreon.

Fontes:
  • Doreen Green, a Garota-Esquilo. Disponível em: <https://www.thefeministpatronum.com/post/doreen-green-a-garota-esquilo>.

  • How Erica Henderson Made Marvel’s Squirrel Girl So Unbeatable. Disponível em: <https://www.cbr.com/erica-henderson-key-to-squirrel-girl-success>.

  • Interview: Kyle Starks & Erica Henderson Talk Murder & Mayhem in Assassin Nation. Disponível em: <https://imagecomics.com/features/so-much-straight-up-murder-assassin-nations-kyle-starks-and-erica-henderson-on-launching-their-new-comedy-blockbuster>.

  • Marvel Comics Creators: Erica Henderson. Disponível em: <https://www.marvel.com/comics/creators/12464/erica_henderson>.

  • Marvel – Garota Esquilo ganhará sua primeira Graphic Novel. Disponível em: <https://duastorres.com.br/2016/08/garota-esquilo-ganhara-primeira-gn>.

  • Patreon Erica Henderson. Disponível em: <https://www.patreon.com/ericafails>.

  • “So much straight-up murder”: Assassin Nation’s Kyle Starks and Erica Henderson on launching their new comedy blockbuster. Disponível em: <https://www.comicsbeat.com/interview-kyle-starks-erica-henderson-assassin-nation>.

  • Unbeatably EH! – Erica Henderson interviewed. Disponível em: <https://www.hubcomics.com/2015/10/30/unbeatably-eh-jesse-farrell-interviews-erica-henderson>.


Edição/revisão por Mariana Teixeira.

Compartilhe

Autora

Rafaella Rodinistzky é graduada em Comunicação Social (Jornalismo) pela PUC Minas e atualmente cursa Edição na Faculdade de Letras da UFMG. Participou do "Zine XXX", contribuiu com a "Revista Farpa" e foi assistente de produção da "Faísca - Mercado Gráfico". Você tem um momento para ouvir a palavra dos fanzines?
Veja todos os textos
Follow Me :