Luna Nera, série italiana sobre mulheres perseguidas por bruxaria no século 17, estreia na Netflix

Luna Nera, série italiana sobre mulheres perseguidas por bruxaria no século 17, estreia na Netflix

Estruturada no período da Caça às Bruxas, uma jovem descobre segredos familiares enquanto o pai do seu namorado lhe procura por indícios de bruxaria. “Luna Nera” é a nova série italiana da Netflix, que estreou hoje (31) no catálogo do streaming.

Com uma produção majoritariamente feminina, a direção dos episódios conta com Francesca Comencini, Susanna Nicchiarelli e Paola Randi. Já o roteiro foi elaborado por Francesca Manieri, Laura Paolucci e Vanessa Picciarelli. Também houve o apoio de Tiziana Triana, autora do livro “As Cidades Perdidas – Lua Negra”, do qual a série é inspirada.

Luna Nera estreia na Netflix
Série italiana estreia sua primeira temporada na Netflix. (Imagem: divulgação)

A história de “Luna Nera” ocorre no ano de 1600, na Itália, em plena Inquisição. Conhecemos a trajetória de  Hades, uma parteira de 16 anos que irá se esconder em uma misteriosa comunidade de mulheres na beira da mata depois de ser acusada de feitiçaria devido à morte de um recém-nascido. A jovem será forçada a escolher entre o amor proibido por Pietro, filho do líder de caçadores de bruxas, Benandanti, e uma estrada que a levaria a se tornar uma líder do misterioso grupo de mulheres.

A primeira temporada de “Luna Nera” é composta por seis episódios com cerca de 50 minutos de duração. Se você gosta de ter mais opções além da plataforma de streaming, assine a Claro TV.

Confira abaixo o trailer da primeira temporada:

https://www.youtube.com/watch?v=8lCA3TZIlI0

Leia também:
>> Francis: 5 motivos para deixar-se enfeitiçar pela obra de Loputyn
>> The Witcher: as mulheres no universo criado por Andrzej Sapkowski
>> As Bruxas: entre o místico e o real, a histeria de Salem foi uma guerra contra as mulheres

Escrito por:

321 Textos

Site sobre cultura e entretenimento, que destaca o protagonismo feminino e analisa a representação feminina nas obras.
Todos os textos
Follow Me :