Top 5 de filmes que lhe vão fazer arrepios pela espinha abaixo

Top 5 de filmes que lhe vão fazer arrepios pela espinha abaixo

Compartilhe

Existem filmes para todos os gostos e feitios. Há quem prefira filmes para rir e esquecer o dia difícil de trabalho, há quem opte por histórias românticas para sonhar por dias perfeitos ao lado da sua alma gêmea e, depois, existem aqueles que procuram as emoções fortes e têm nos filmes de terror a sua predileção.

Mesmo dentro do terror existem vários sub-gêneros: os filmes de zumbis, os filmes de monstros ou, por exemplo, os filmes de fantasmas ou exorcismo. Independentemente de qual o seu favorito, os melhores são aqueles que o deixam com os pelos dos braços eriçados e fazem arrepios de descer pela espinha abaixo. E esses são os filmes mais difíceis de encontrar.

Contudo, são vários os títulos disponíveis no mercado, seja em DVD ou nas plataformas de streaming que agora proliferam na internet, que lhe vão fazer ter pesadelos à noite. Mesmo que sejam plataformas que tenham o acesso limitado no Brasil, lembre-se que pode sempre desbloquear sites utilizando o período de teste gratuito de uma VPN. Fomos analisar a opinião de vários cinéfilos especialistas em sétima arte e escolhemos os melhores 5 filmes que lhe vão fazer arrepios pela espinha abaixo.

5. MÃE, DE DARREN ARONOFSKY

Top 5 de filmes que lhe vão fazer arrepios pela espinha abaixo

Jennifer Lawrence é a protagonista de “Mãe”, filme de Darren Aronofsky que dividiu a crítica e o público quando estreou, em 2017. Goste-se ou odeie-se, o certo é que assiste a “Mãe” nunca mais esquece. O filme parece uma simples história de casa assombrada, que segue Jennifer Lawrence e o marido, Javier Bardem, na sua enorme mansão, quando certa noite recebem uma visita inesperada. A partir dali a história complica-se.

As referências bíblicas sucedem-se e a figura da mãe, interpretada por Jennifer Lawrence, torna-se numa metáfora da condição feminina na sociedade, na literatura e na Bíblia. O filme é perturbador, simbólico e assustador! Um clássico instantâneo, como só o realizador Darren Aronofsky sabe fazer.

4. SEM SAÍDA, DE JAMES WATKINS

Top 5 de filmes que lhe vão fazer arrepios pela espinha abaixo

Quem costuma ver filmes de terror já sabe que esta é uma história que não costuma acabar bem: um casal de namorados, interpretado por Kelly Reilly e Michael Fassbender, decide ir passar o fim-de-semana a uma cabana bucólica, junto a um lago lindíssimo. O problema é que ali bem perto vive uma comunidade de saloios sulistas que se vão tornar numa ameaça sangrenta.

“Sem Saída” pega na típica fórmula do slasher e do filme de vingança, que fez escola nos anos 70, e atualiza-a para o século XXI, com requintes de malvadez. No entanto, é Kelly Reilly que faz o filme valer, entregando-se de corpo e alma num tour de force impressionante. “Sem Saída” obriga-nos a fechar os olhos muitas vezes, com a força do seu realismo cruel, e é um dos mais perturbadores filmes de terror dos anos 2000.

3. GAROTA SOMBRIA CAMINHA PELA NOITE, DE ANA LILY AMIRPOUR

GAROTA SOMBRIA CAMINHA PELA NOITE, DE ANA LILY AMIRPOUR

O filme de vampiros já teve várias variações, mas poucas tão originais quanto o filme de estreia de Ana Lily Amirpour. “Garota Sombria Caminha Pela Noite” é um pequeno filme independente sobre vampiros no Irã, rock’n’roll e skaters, que criou rapidamente um fenômeno de culto pela internet. Claro que, como em todos os filmes de vampiros, isso só serve de metáfora para falar de outros temas mais importantes.

E, claro, como é um filme iraniano é impossível não encontrar aqui uma crítica velada à condição feminina na sociedade do Irã. Filmado num preto e branco de alto contraste, “Garota Sombria Caminha Pela Noite” recupera o Expressionismo do cinema alemão pré-Segunda Guerra Mundial, vai beber aos filmes de monstros e criaturas da Universal e dá-lhe um twist moderno. Um dos filmes de terror mais originais deste século e com muito girl power.

2. CORRENTE DO MAL, DE DAVID ROBERT MITCHELL

CORRENTE DO MAL, DE DAVID ROBERT MITCHELL

O cinema de terror não costuma ter limites para imaginar ameaças terríveis para a humanidade. No entanto, nenhuma será tão perversa quanto a de “Corrente do Mal”, filme de estreia do estadunidense David Robert Mitchell, em que uma espécie de maldição persegue as suas vítimas incansavelmente até as apanhar sob a forma de uma criatura humanoide. Para se verem livres da maldição, a vítima deve ter sexo com outra pessoa, tornando-se ela a amaldiçoada.

“Corrente do Mal” é assim uma metáfora ao sexo casual e às doenças sexualmente transmissíveis, além de refletir sobre a condição feminina na adolescência – o período, as expectativas e o bullying. Um filme tão perturbador quanto interessante, que assusta na igual medida em que faz pensar. E um dos filmes de terror mais originais de sempre, que provoca verdadeiros arrepios na espinha.

1. A BRUXA, DE ROBERT EGGERS

Foi chegar, ver e vencer. Com “A Bruxa”, Robert Eggers tornou-se automaticamente o diretor de terror mais procurado do momento, criando uma espécie de culto ao redor desse filme. A obra conta a história de uma família de peregrinos na América recém-ocupada que são expulsos da sua comunidade por suspeitas de bruxaria.

Por entre a sugestão e o filme de susto mais gráfico, “A Bruxa” é um trabalho extremamente ambiental e quase imersivo, já que é filmado apenas com luz natural. Se aliarmos a isto o imaginário religioso, a superstição e a tensão que se vai acumulando de forma quase nervosa, “A Bruxa” torna-se no filme mais inquietante que se pode assistir numa noite escura. Asseguramos que não vai conseguir dormir depois deste.


Compartilhe

Autora

311 Posts

Site sobre cultura e entretenimento, que destaca o protagonismo feminino e analisa a representação feminina nas obras.
Veja todos os textos
Follow Me :