Do clássico ao contemporâneo: leituras para entrar no clima natalino!

Do clássico ao contemporâneo: leituras para entrar no clima natalino!

À medida que as luzinhas se acendem e o cheiro de Natal se espalha, é quase impossível não entrar no clima. O fim de ano traz um sentimento especial e único para cada um, independente da forma como o feriado é celebrado.

Para aqueles que são fãs do espírito natalino e consumidores ávidos de conteúdo nessa época, preparamos uma lista de livros que prometem e entregam a magia aos leitores. De romances a contos, clássicos a lançamentos recentes, cada história é um bilhete de embarque para uma jornada literária natalina.

Um Conto de Natal — Charles Dickens

Um Conto de Natal — Charles Dickens

Um clássico é um clássico, e a novela mais famosa de Charles Dickens não poderia faltar nesta lista. Um Conto de Natal, publicado pela primeira vez em 1843, é uma história conhecida mundialmente que inspirou inúmeras adaptações em livros, filmes, músicas e outras mídias.

A trama gira em torno de Ebenezer Scrooge, um senhor rabugento que despreza o Natal e seus valores. Na véspera de Natal, Scrooge é surpreendido pela visita de três fantasmas, levando-o a uma jornada para revisitar o passado, compreender o presente e decidir por um futuro menos amargo.

Atemporal e emocionante, Um Conto de Natal é uma excelente escolha para entrar no espírito natalino, destacando a importância da empatia e redenção. Se você aprecia a escrita de Charles Dickens, os contos O Grilo na Lareira e O Sino de Natal também são ótimas opções para o feriado.

O Natal de Poirot — Agatha Christie

O Natal de Poirot — Agatha Christie

O Natal evoca naturalmente sentimentos bons, como amor ao próximo e caridade. No entanto, uma história um pouco sombria pode cair bem!

O Natal de Poirot, romance policial de 1938 escrito por Agatha Christie, faz parte da série de romances e contos estrelados pelo detetive Hercule Poirot.

A trama se desenrola na mansão da família Lee, onde o patriarca autoritário, Simeon Lee, decide reunir todos os membros da família para celebrar o Natal. A festa transcorre bem até que Simon é encontrado brutalmente assassinado em seu quarto. A resolução do mistério cabe ao detetive Poirot.

Ao longo da história, personagens são apresentados, segredos são revelados e ocorrem muitas reviravoltas. Tudo isso em uma atmosfera natalina que se torna ainda mais envolvente nesta época do ano.

 

Leia também >> Agatha Christie: a mulher além dos livros policiais

Dez Dates Surpresas — Ashley Elston

Dez Dates Surpresas — Ashley Elston

Dez Dates Surpresas de Ashley Elston é perfeito para quem procura uma leitura leve e divertida. Lançado em 2020, o livro narra a história de Sophie, que planejava passar as férias com o namorado até descobrir suas verdadeiras intenções.

Com o coração partido, ela busca conforto na casa dos avós, que bolam um plano para ajudá-la a superar. Desafiada a participar de dez encontros às cegas, Sophie inicia uma jornada de autoconhecimento durante as festas de fim de ano, com muito bom humor.

Apesar do enfoque em relacionamentos românticos, Dez Dates Surpresas é principalmente uma narrativa de amadurecimento, família e amizade.

O presente do meu grande amor: Doze histórias de Natal

O presente do meu grande amor: Doze histórias de Natal

O Presente do Meu Grande Amor: Doze Histórias de Natal é uma coletânea organizada por Stephanie Perkins, composta por contos de diferentes autores.

Cada história gira em torno de uma narrativa romântica durante a temporada natalina. Publicado em 2014, o livro apresenta uma variedade de estilos, personagens e situações, sendo uma excelente opção para leituras leves e festivas durante o Natal.

Entre os autores desta coletânea estão: Holly Black, Ally Carter, Matt de la Peña, Gayle Forman, Jenny Han, David Levithan, Kelly Link, Myra McEntire, Stephanie Perkins, Rainbow Rowell, Laini Taylor e Kiersten White.

Mistério de Natal — Jostein Gaarder

Mistério de Natal — Jostein Gaarder

Para quem aprecia fantasia e filosofia, O Mistério do Natal de Jostein Gaarder é a leitura ideal.

Publicado em 1992, a história explora o significado do Natal por meio de Joaquim, um menino de 11 anos presenteado com um calendário do advento por sua tia-avó.

A narrativa se desenrola ao longo dos 24 dias que antecedem o Natal, e cada janela do calendário contém uma carta com uma história relacionada à época festiva.

Conforme Joaquim avança na leitura, ele se envolve em uma trama complexa que abrange séculos e explora temas como a história da humanidade, filosofia, religião e, é claro, o Natal. Apesar das reflexões profundas, a escrita é acessível, cativante e adequada para leitores de diversas idades.

 

Extra: Literatura brasileira

Querendo ou não, a cultura popular ainda privilegia tradições do hemisfério norte, especialmente dos Estados Unidos e Europa. Em filmes, livros e músicas, somos inundados por práticas que diferem das nossas. No entanto, há referências nacionais que capturam melhor nossa cultura. Confira a lista de contos de autores clássicos brasileiros.

Escrito por:

7 textos

Fangirl e fanfiqueira desde que me entendo por gente. Estudante de jornalismo e apreciadora de cachorrinhos, crochê e outras coisas fofas.
Veja todos os textos
Follow Me :