Ms. Marvel: os dilemas da adolescência e a importância das nossas raízes

Ms. Marvel: os dilemas da adolescência e a importância das nossas raízes

Finalmente a tão aguardada série de Ms. Marvel, primeira heroína muçulmana do universo Marvel e protagonista do quadrinho escrito por G. Willow Wilson, ilustrado por Adrian Alphona e lançado em 2014, chegou ao serviço de streaming Disney+ em seis capítulos.

Nela, acompanhamos a vida da carismática Kamala Khan (Iman Vellani), adolescente de 16 anos, apaixonada pelo mundo geek, sobretudo por quadrinhos e por Carol Danvers, a Capitã Marvel (nos cinemas, interpretada por Brie Larson). A vida da garota mudará da noite para o dia quando, após ter contato com um artefato misterioso de família, desenvolverá poderes que nem mesmo a sua mente criativa seria capaz de imaginar.

AVISO: CONTÉM SPOILERS DE MS. MARVEL
A incrível Kamala Khan (Iman Vellani) em Ms. Marvel.
Kamala Khan. | Imagem: reprodução/Disney+

Kamala Khan é a filha mais nova de uma família paquistanesa. Ela, o pai Yussuf Khan (Mohan Kapoor), a mãe, Muneeba Khan (Zenobia Shroff) e o irmão, Aamir Khan (Saagar Shaikh), levam uma vida pacata em Nova Jersey, onde a Kamala estuda e, enquanto supera a falta de popularidade e as restrições impostas pelos pais, alimenta o seu amor por tudo o que é relacionado aos super-heróis do universo Marvel.

Ela é inventiva, divertida e tem um enorme coração, procurando sempre ajudar a família, os amigos e honrar suas origens paquistanesas e a comunidade da qual faz parte nos arredores de casa.

Em sentido horário: Yussuf, Kamala, Aamir e Muneeba. | Imagem: reprodução/Disney+
Em sentido horário: Yussuf, Kamala, Aamir e Muneeba. | Imagem: reprodução/Disney+
Da esquerda para a direita: Nakia, Bruno e Kamala.
Da esquerda para a direita: Nakia, Bruno e Kamala. | Imagem: reprodução/Disney+

É na Capitã Marvel que a garota enxerga tudo aquilo que sempre sonhou ser: poderosa e heroica, Carol Danvers ronda seus pensamentos 24 horas por dia, o que acaba atrapalhando seu rendimento nas aulas, mas por outro lado a transforma em uma das alunas mais criativas da escola.

Kamala tem uma websérie em que cria histórias sobre super-heróis, e divide com Bruno Carrelli (Matt Lintz), seu melhor amigo e um jovem inventor, e Nakia Bahadir (Yasmeen Fletcher), sua amiga de origem turca, a fascinação que tem por seus personagens favoritos e a importância deles em seu cotidiano.

Kamala provando a fantasia de Capitã Marvel para a VingaCon.
Kamala provando a fantasia de Capitã Marvel para a VingaCon. | Imagem: reprodução/Disney+
Leia mais » Ms. Marvel: Kamala Khan e como a representatividade importa

A vida da protagonista muda completamente quando ela encontra nos antigos pertences de família, enviados do Paquistão pela avó, Sana (Samina Ahmad), um lindo e antigo bracelete, que chama a sua atenção de imediato. Ao se fantasiar de Capitã Marvel para um concurso de cosplay na VingaCon, uma espécie de Comic-Con dedicada aos heróis da Marvel, ela decide usá-lo como uma forma de homenagear a sua cultura e os seus antepassados, sem saber que uma mudança drástica aconteceria em sua vida dali em diante: Kamala passa, então, a desenvolver poderes inimagináveis; ela consegue metamorfosear o próprio corpo, esticando e aumentando o tamanho dos braços através de energia, criando com as mãos, ainda, escudos brilhantes de proteção.

Kamala utilizando o bracelete pela primeira vez.
Kamala utilizando o bracelete pela primeira vez. | Imagem: reprodução/Disney+

O sonho de sua vida torna-se realidade, e a empolgação com esta nova faceta de sua personalidade é gigantesca, mas não demora muito para que os poderes chamem a atenção de pessoas pouco piedosas ao seu redor, colocando a vida de Kamala e as de seus familiares e amigos em perigo.

Mudanças significativas no enredo de Ms. Marvel – e o que elas podem significar

Levando em consideração as primeiras cinco revistas de Ms. Marvel, lançadas no Brasil desde 2016, os criadores da série Bisha K. Ali e Kevin Feige tomaram diversas liberdades na adaptação do roteiro. A começar pelos poderes de Kamala, que no quadrinho servem como uma metáfora para as mudanças acarretadas pela puberdade, algo que G. Willow Wilson colocou de forma intencional, a fim de que o público adolescente visse na personagem algo pelo qual certamente passariam; na adaptação, vemos uma potencialização destes poderes.

Enquanto no quadrinho Kamala consegue aumentar ou diminuir de tamanho, e se metamorfosear em qualquer pessoa, inclusive se transformando em Capitã Marvel na primeira manifestação deles, a personagem da série ainda não demonstra ter esta capacidade (na cena pós-créditos do sexto e último episódio da temporada, no momento em que Ms. Marvel está em seu quarto e, de repente, Carol Danvers aparece, trata-se da troca de lugares entre as duas personagens, e não da transformação de Kamala em Capitã Marvel, o que foi confirmado por Bisha; a cena é um spoiler do que virá pela frente em The Marvels, filme que tem previsão de estreia para 2023, e contará com a presença de Ms. Marvel, Capitã Marvel e Monica Rambeau).

Kamala Khan manifestando seus poderes.
Kamala manifestando seus poderes. | Imagem: reprodução/Disney+
Kamala testando seus poderes na série.
Kamala testando seus poderes. | Imagem: reprodução/Disney+

Além disso, o poder de Kamala na série se manifesta com uma aparência cósmica, uma mistura de cores e luzes que não existem na versão do quadrinho, além do fato de que, na revista, Kamala adquire os poderes por meio da Névoa Terrígena, dispersada por Nova Jersey pelo personagem Raio Negro, ligando a personagem aos Inumanos.

Leia mais » Ms. Marvel: como a Geração Y pode salvar o mundo

Na série, a origem do poderes de Kamala também muda: o bracelete seria apenas o estopim para que a personagem descobrisse que, na verdade, era uma djinn, uma criatura da mitologia islâmica, mais conhecida no Ocidente como o famoso gênio da lâmpada. Kamala descobrira que a bisavó, Aisha (Mehwish Hayat), dona do artefato, fazia parte do grupo ClanDestinos, liderado por Najma (Nimra Bucha), que tenta a qualquer custo usar a garota e seus poderes, junto à energia da joia, para voltar para casa na dimensão Noor.

Esta mudança principal serviu para aproximar Kamala de suas raízes e da importância de se celebrar sua cultura e religião, e mostrar um pouco do passado sofrido de sua avó e de Aisha.

Porém, todo este pano de fundo recebe um direcionamento completamente diferente quando Bruno conta à Kamala, no último episódio, que estudara seu DNA e encontrara traços de mutação genética, o que indicaria que Ms. Marvel seja definitivamente uma mutante, a primeira do MCU (informação corroborada pelo tema da animação dos X-Men de 1997 tocando na mesma cena). Este enorme gancho para uma possível segunda temporada empolgou os fãs e até mesmo Iman Vellani, que assim que soube da cena, ligou muito entusiasmada para conversar com Kevin Feige.

Acerca da decepção de alguns fãs com esta mudanças, que foram as principais na série, Sana Amanat, co-criadora de Ms. Marvel, afirmou para o site Heroic Hollywood, que tanto ela quanto Willow estão de acordo com as mudanças presentes na série. Segundo ela, alterar a origem e os poderes de Kamala foram essenciais para que o universo de Ms. Marvel seja expandido para outros projetos do MCU, a começar por The Marvels.

As incríveis personagens femininas em Ms. Marvel

Um ponto forte da série é a presença de diversas personagens femininas importantes, desde aquelas que têm muito destaque, passando pelas coadjuvantes que também têm muito a oferecer para o enredo da série.

Kamala (Iman Vellani) e Nakia (Yasmeen Fletcher) em Ms. Marvel
Kamala e Nakia. | Imagem: reprodução/Disney+

Além de Kamala, uma personagem divertidíssima, forte e sonhadora, também vemos em Nakia uma forte inspiração, por sua personalidade iluminada e desenvolvimento dentro da trama. Ela frequenta a mesma mesquita que Kamala e tem uma grande influência positiva na vida da amiga, por ser uma das conexões entre a garota e a sua cultura e religião, que inclusive é um outro ponto excelente da série: a representatividade paquistanesa e muçulmana. Acerca disto, a série ganhou elogios de Malala Yousafzai, ativista paquistanesa pelo direito à educação:

Não é todo dia que ligo a TV e encontro um personagem que come as mesmas comidas, ouve as mesmas músicas ou usa as mesmas frases em urdu que eu. Que alegria ver que Ms. Marvel reflete a vida de uma família imigrante paquistanesa e revela uma jovem super-heroína cujos poderes se conectam à sua herança. Obrigado, Marvel e Disney+, e o mais importante, Ms. Marvel.
(Via Rollingstone)

Aisha é outra personagem extremamente forte que tem um grande papel no enredo de Ms. Marvel e no crescimento pessoal da bisneta, Kamala. Ela soube ao longo da vida, mais do que qualquer outra pessoa, a dor de não poder pertencer ao seu local de origem e de ser imigrante, tanto na dimensão em que vivia quanto na Terra; mesmo após encontrar o grande amor de sua vida e ter Sana, sua existência continuou a ser ameaçada pelos conflitos ocorridos na Partição da Índia, em 1947, e pela perseguição de Najma, assim que Aisha sai dos ClanDestinos.

Aisha, bisavó de Kamala Khan, na série da Disney+
Aisha, bisavó de Kamala. | Imagem: reprodução/Disney+
Tyesha, Muneeba e Zoe em Ms. Marvel
Em sentido horário: Tyesha, Muneeba e Zoe. | Imagem: reprodução
Leia mais » Bisha K. Ali: a misteriosa showrunner de Ms. Marvel

A mãe de Kamala e a noiva de Aamir, Tyesha Hillman (Travina Springer), também roubam a cena quando aparecem, ao fazerem parte das cenas engraçadas envolvendo a animada família de Kamala. Zoe Zimmer, colega de escola da protagonista, ganha na série uma roupagem diferente dos quadrinhos; enquanto na revista ela era rival de Kamala, na adaptação as duas foram amigas no passado, mas com o tempo deixaram de se falar.

É por meio de um quase acidente com Zoe, na VingaCon, que Kamala começa a expressar seus poderes ao salvá-la, que mais tarde utiliza a sua influência nas redes sociais para ajudar Kamala e seus amigos a saírem de uma imensa enrascada envolvendo Kamran (Rish Shah), filho de Najma.

Tudo em Ms. Marvel é belo convidativo!

Para além do carisma de Vellani, que encarna uma Ms. Marvel espetacular e muito relacionável com as garotas presentes em nosso cotidiano, e dos demais atores, que estão excelentes em seus papéis e são tão carismáticos quanto, a série também conta com uma produção impecável. A fotografia, os figurinos, a trilha sonora e a direção de cena são fatores importantes e louváveis nesta primeira temporada, que promete grandes surpresas em sua possível continuação.

Kamala (Iman Vellani) sonha com a vitória no concurso da VingaCon.
Kamala sonha com a vitória no concurso da VingaCon. | Imagem: reprodução/Disney+

O que esperar para o futuro de Ms. Marvel?

Ms. Marvel mostrou que é uma série que não tem medo de mudanças, uma vez que há nelas diversas oportunidades de expansão. Uma vez renovada (é o que esperamos), a trama possivelmente acompanhará Kamala ampliando e aprimorando os seus poderes, e recebendo a visita de ilustres personagens, como é provável que aconteça com a aparição da Capitã Marvel.

Capitã Marvel troca de lugar com Kamala Khan em Ms. Marvel
Capitã Marvel troca de lugar com Kamala. | Imagem: reprodução/Disney+
Leia mais » Capitã Marvel: o filme de super-heroína que qualquer garota queria e precisava!

Após a revelação surpreendente no final do episódio seis, espera-se também que o fator “DNA mutante” de Kamala seja finalmente explicado e expandido, quem sabe, para outras narrativas dentro do mesmo universo e dos demais do MCU.

Por fim, a série de Ms. Marvel é uma excelente pedida para quem é fã dos quadrinhos ou que conhecerá a incrível Kamala Khan a partir das telinhas – e, sobretudo, para quem, assim como ela, busca utilizar todo o seu potencial criativo e seus superpoderes, cada um à sua maneira, para mudar o mundo!

Publicidade

Escrito por:

105 textos

Formada em Letras, pós-graduada em Produção Editorial, tradutora, revisora textual e fã incondicional de Neil Gaiman – e, parafraseando o que o próprio autor escreveu em O Oceano no Fim do Caminho, “vive nos livros mais do que em qualquer outro lugar”.
Veja todos os textos
Follow Me :